Jardim

Planta de camélia


Camellia japonica no jardim


Se não estiver particularmente exposta ao vento ou à radiação solar direta, típica das primeiras horas da tarde, a camélia é uma excelente planta em vaso, facilmente colocada em terraços ou varandas. Se possível, prefira ficar em áreas iluminadas, mas à sombra. Como todas as plantas de jardim desta variedade, a camélia tolera bem chuvas abundantes e encontra seu equilíbrio climático ideal em lagos, colinas e planícies no interior avançado. Não é uma planta que adora áreas de ar salobra e subalpinas. Outras espécies toleram esses climas sem nenhum problema e são capazes de se desenvolver silenciosamente. O solo de cultivo deve ser composto de húmus da floresta para facilitar o crescimento das plantas.

Variedade de camélias



Camélia é uma espécie disponível em grandes variedades. Os mais adequados para o jardim estão florescendo na primavera e aparecem como um arbusto rústico que pode chegar a dez metros de altura. São espécies de grande impacto e, portanto, consideradas plantas ornamentais em todos os aspectos. A espécie mais conhecida e usada no jardim é a 'Camellia Japonica', a planta desta família que tem o maior número de opções, reconhecível pela cor das folhas muito verdes e escuras; a 'Camellia Hiemalis', com pequenas folhas de lança e arbustos espessos; a 'Camellia Oleifera', que floresce com grandes flores rosa e brancas; a Camellia Sasanqua, que ao contrário de todas as outras espécies cresce bem com uma exposição ensolarada. Na Itália, várias espécies de camélia foram importadas e hoje é possível comprar várias variedades. Nos centros especializados de jardinagem ou viveiros, é possível encontrar as espécies desejadas e cultivá-las em seu próprio jardim.

Uso e aplicações de camélia



A camélia é amplamente utilizada em aplicações nos campos cosmético, homeopático e fitoterápico. A partir do seu óleo essencial, os produtos cosméticos são produzidos contra o envelhecimento e são necessários para a destruição dos radicais livres. Particularmente relevante é o uso tópico em casos de acne rosácea e dermatite seborreica, além disso, seu uso também é bastante difundido no tratamento estético de cicatrizes ou como creme preventivo para estrias. Usado como xampu, o óleo de camélia ajuda os cabelos danificados e danificados pela ação do secador. É possível usar óleo de camélia, como creme para espalhar nos cabelos, para impedir a ocorrência de piolhos. A loção de camélia também é usada efetivamente para dores musculares e como anti-inflamatório local para esportistas.

Camellia plant: Cuidados e prevenção de doenças



Camellia japonica precisa de intervenções de jardinagem destinadas principalmente à poda e prevenção de doenças. A poda não é indispensável, exceto nos casos em que é aconselhável eliminar as partes que influenciam, devido à improdutividade, o mau crescimento da planta. A floração pode ser extremamente generosa; portanto, mesmo as flores devem ser 'limpas' de todas as pétalas extras, para não corromper sua postura. Folhas e flores secas devem ser removidas após a floração para favorecer a passagem do ar e da luz essencial para o arbusto. Um excesso de umidade ou brilho baixo pode causar o escurecimento das folhas. Os principais agentes nocivos da espécie são a aranha vermelha, a cochonilha e os pulgões, que danificam as folhas, tornando-as grudentas ao toque.