Jardim

Crie jardins


Criando jardins: todos os conselhos


Para criar jardins capazes de combinar funcionalidade e beleza estética, é necessário ter algum conhecimento e cumprir algumas regras simples, que permitirão ao espaço verde do recém-nascido proliferar em pouco tempo e com simplicidade. Obviamente, precisamos começar do design, o que significa pensar no tipo de jardim que você deseja criar. Entre jardins de plantas e canteiros de flores, entre jardins de pedras e jardins sempre verdes, entre jardins zen e jardins italianos, sem esquecer os jardins floridos e os jardins paisagísticos, o leque de opções disponíveis é sem dúvida vasto. Se você deseja se afastar do jardim clássico, por exemplo, pode optar por um jardim de rochas, caracterizado por rochas e pedregulhos, tendo em mente que, nesse tipo de ambiente, as plantas que não requerem cuidados especiais podem crescer, como estão acostumadas. desenvolver em ambientes áridos e pouco cuidadosos. Muita atenção, é claro, deve ser reservada para as condições climáticas: em suma, tentar criar um jardim tropical na colina será, sem dúvida, uma idéia imaginativa e original, mas difícil de aplicar. Levar em consideração o clima significa, portanto, prestar atenção à seca dos meses de verão, às baixas temperaturas do inverno, mas também à quantidade e qualidade das precipitações e à frequência dos ventos. Uma vez identificado o espaço em que o jardim será construído, podemos pensar na colocação de flores, canteiros ou plantas. É bom saber, deste ponto de vista, a fertilidade do solo, bem como o grau de acidez.

Outro fator a ser avaliado é a exposição. Se a terra for exposta a oeste, no verão o jardim estará particularmente quente, mas em invernos particularmente frios: será preferível, portanto, optar por plantas rústicas que preferem o sol. Em caso de exposição ao leste, o jardim receberá os raios do sol a partir do início da manhã, mas apenas até as primeiras horas da tarde: em outras palavras, aquecerá muito rapidamente, mas também esfriará rapidamente. Em suma, existe o risco de geadas tardias e, portanto, essa opção não é recomendada para quem deseja cultivar árvores frutíferas e, em geral, espécies caracterizadas por florescimento precoce. Não é difícil, como se pode pensar, o cuidado de um jardim voltado para o norte; de fato, ao esfriar e aquecer muito lentamente, não sujeita as plantas a geadas repentinas ou a variações súbitas de temperatura. Claramente, a melhor exposição é para o sul, que sempre garante a luz do sol: ideal em áreas frias, enquanto em áreas quentes é suficiente fornecer um abrigo para favorecer o sombreamento e evitar queimaduras nas plantas.Jardim e animais



Além disso, ao criar um jardim, também é bom considerar a possível presença de animais: de fato, daí resulta a necessidade de incluir um ou mais espaços. Pela mesma razão, será melhor evitar plantas raras e delicadas. Claramente, no planejamento, um papel fundamental depende do orçamento disponível. As contas, é claro, devem ser feitas imediatamente, no início, para evitar o início de trabalhos que não podem ser concluídos. No caso de você entrar em contato com uma empresa, será bom obter uma cotação, para compará-la com o valor que você pretende gastar. Por outro lado, não podemos esquecer que um jardim bem cuidado representa um investimento que contribui para aumentar o valor e o preço de uma casa: por esse motivo, vale a pena dedicar uma atenção especial a ela.

O contexto



Além disso, o jardim deve ser construído de modo a colocá-lo de maneira harmoniosa e equilibrada no contexto em que está inserido. Em resumo, um espaço verde, por mais bonito ou precioso que seja, não será considerado perfeito se contrastar ou diferir do estilo que domina a casa. Em resumo, entre o estilo da casa, as plantas e o jardim, deve haver uma conexão bastante óbvia, para que o ambiente criado seja homogêneo. Uma casa com paredes escuras, portanto, deve ser melhorada e animada por um jardim com plantas com flores brilhantes e folhas claras; por outro lado, uma casa com paredes claras prefere espécies cujas folhas têm uma cor verde intensa. Uma casa comprida ficará mais bonita com árvores altas de um lado e arbustos do outro. Do ponto de vista prático, além disso, é aconselhável criar áreas de descanso, caminhos e caminhos, preferencialmente feitos com um material que lembra uma parede ou um cômodo da casa. Não se deve esquecer, de fato, que o jardim, mesmo antes de ser um local agradável em termos de estética, deve ser uma parte funcional da casa para "viver": é a mesma razão pela qual, entre outras coisas, deve ser equipado de bancos ou cadeiras (talvez de balanço), uma mesa e um mirante (se o tamanho e o orçamento permitirem) que dão vida a uma área sombreada e protegida, para se proteger do sol ou para desfrutar de uma chuva de verão no ar abra sem se molhar.

Vídeo: 22 LINDAS IDEIAS CASEIRAS PARA SEU JARDIM (Novembro 2020).