Jardinagem

O nome real das frutas


O nome real das frutas


O léxico comum nos deu o mau hábito de associar a palavra fruta a um conjunto de frutas botânicas com as seguintes características: comestíveis e de sabor doce (como banana, tangerina, maçã, pêssego e outras similares).
Na botânica, o fruto é o que é obtido a partir da modificação do ovário após a fertilização do óvulo contido nele. Sua tarefa biológica é proteger a semente, inibir sua germinação e favorecer sua disseminação longe da "planta mãe" (ao comer uma fruta, um animal transporta, sem saber, a semente para longe da planta que a gerou, para ter mais chance de viver sem entrar competindo com plantas já grandes que tirariam nutrição e luz).
Todas as plantas produzem frutos, se observarmos espécimes que não produziram frutos ao longo do ano, existem 3 possibilidades:
1 A planta pertence a uma variedade de esteróides (por exemplo, Viburnum opulus “flore pleno”)
2 A planta é um indivíduo masculino de uma espécie dióica (por exemplo, Kiwi)
3 As condições climáticas impediram a produção de flores ou frutos
4 O espécime está em fase juvenil, ainda não atingiu a maturidade sexual
Os frutos podem ser de dois tipos: carnudos, formados por tecidos suculentos como pêssego ou framboesa e baldes cobertos com membranas lignificadas, como leguminosas e cariopses de milho.

Para cada fruta seu nome




Se fizermos confusão lexical sobre o conceito de fruta em geral, podemos imaginar quantas imprecisões existem em nomear os frutos individuais na linguagem cotidiana.
Um exemplo para esclarecer do que estamos falando, você sabia que a noz é na verdade fruto de Corylus avellana ou avelã?
A pinha é na verdade o cone ou estróbilo e, para dizer a verdade, não é uma fruta real, porque o pinheiro pertence às gimnospermas (da semente nua), a semente não se forma no interior do ovário.
O fruto da cerejeira é, em vez disso, uma drupa, como a do pessegueiro, do damasco, da amendoeira, da ameixeira e da noz acima mencionada.
Os frutos da videira são bagas e também os de tomate e pimenta.
A laranja é na verdade chamada esperidio e a romã balausta.
O mais famoso é a macieira e também a pereira.
Enquanto a rosa produz o que chamamos erroneamente de uma baga e é na verdade uma roseira.
Entre os frutos secos, lembramos:
a cápsula do salgueiro, o bordo disamara, o olmo e as cinzas samara, a leguminosa de acácia e o folículo de oleandro.
Conhecer a nomenclatura correta dos frutos nos permite entender algumas de suas características, reconhecer plantas mais facilmente pertencentes à mesma família e sentar-se à mesa amanhã com o conhecimento de que na cesta de frutas há um interessante teste de compreensão botânica e de memória .