Além disso

Descrição das raças de mini-porcos decorativos, quanto tempo vivem e condições de detenção


Mini-porco é um porco doméstico anão, que é usado ativamente para experimentos e pesquisas de laboratório, e também é usado como animal ornamental. Aqueles que desejam adquirir esse tipo de animal de estimação para si mesmos devem ter certos conhecimentos sobre as raças existentes, as regras de escolha e os cuidados específicos.

De onde eles vieram

Em meados do século 19, cientistas de diferentes países tentaram em conjunto reproduzir uma nova variedade de porquinhos. Durante a pesquisa, foram utilizadas raças de suínos vietnamitas devido ao seu tamanho pequeno e caráter macio. Na década de 1970, cientistas russos do Departamento de Ciências Genéticas da Sibéria da URSS, no processo de trabalho de criação de longo prazo, obtiveram uma raça doméstica de porco porquinho.

Por que eles são comprados?

Muitos fazendeiros compram porcos em miniatura, chamados de mini porcos, devido à sua natureza atraente e suave. O leitão agrada seus donos com mobilidade e graça. O animal geralmente mora na casa ou apartamento com os donos.

Raças de porcos ornamentais

Existem muitas raças de porcos decorativos, sendo as mais populares estas.

Knirt Bergstrasser

A raça é excelente para criação em casa e apartamento. Um adulto não pesa mais de 30 kg.

Mini mayyalino

Raça italiana de porcos, criação na qual Stefanio Morigni trabalhou por mais de 10 anos. Este porco entrou no Livro de Recordes do Guinness. O peso médio é de cerca de 10 kg, e a altura de 20 cm, a raça foi criada recentemente e não se dissemina devido à dificuldade de reprodução e suscetibilidade a doenças.

Wiesenau

Raça alemã, cujo representante pesa cerca de 20 kg ao completar 2 anos de idade. Eles são muito populares porque são bonitos, adoram arranhar e grunhem de prazer.

Siberiano em miniatura

Raça russa da época da URSS. Os representantes pesam menos de 50 kg. Eles são resistentes ao clima extremo da Sibéria.

Mini porco Goettingen

São porcos de origem alemã, que exteriormente se parecem com seus parentes vietnamitas. O peso de tal animal varia de 70 a 90 kg.

Como escolher

Hoje em dia, comprar um mini-porco já não é problema, visto que esta raça é popular. Criadores de porcos experientes aconselham a escolha de um porco interno em um berçário pelas seguintes razões:

  • após a compra, a conexão com o dono do gatil não é perdida, e caso tenha alguma dúvida entre em contato;
  • uma grande seleção de raças.

Conselho! Não é recomendável comprar suínos nos mercados, pois um grande número de vigaristas tentará vender leitões comuns disfarçados de mini-porcos.

Antes de comprar, siga o comportamento dos pais do porco e escolha a opção adequada para você, já que o caráter dos pais é herdado. Os mini-porcos pequenos são considerados os mais valiosos. Só os porcos nascidos pesam cerca de 40 ge já adultos cerca de 15 kg. Se seu peso ultrapassar 25 kg, este não é um mini-porco real.

Na hora de comprar, dê preferência a leitões saudáveis ​​e móveis, de tonalidade rosa pronunciada, cabelos lisos, orelhas elásticas, cauda retorcida em espiral. É aconselhável adquirir um animal de estimação aos 2 meses de idade, pois os indivíduos alimentados com leite materno possuem boa imunidade e são menos suscetíveis a doenças do que os anteriormente comercializados.

O preço de um mini porco varia de US $ 300 a US $ 1.500, dependendo da idade da raça. Mas sua manutenção não exigirá a alocação de enormes recursos, como para outro animal de estimação: um cachorrinho ou gatinho.

O que alimentar

Os mini-porcos comem todos os tipos de frutas e vegetais, especialmente maçãs, pêras e bananas. É preferível ralar ou moer todos os produtos, bem como combinar com os cereais, que são pré-cozinhados com água a ferver. O micro-porco doméstico não abre mão de cereais na forma de ração composta. Recomenda-se dar aos seus animais de estimação produtos lácteos na forma de queijo cottage duas vezes por semana. Em pequenas porções, pode-se dar ao porco peixe, carne de frango, carne bovina, retirando com cuidado os ossos.

Especificidade do cuidado

O leitão leva tempo para se adaptar ao novo ambiente. Sua domesticação é um processo bastante trabalhoso. No início, o porco terá medo de movimentos bruscos, então você precisa se aproximar dele devagar e apenas se oferecer para experimentar a iguaria com a mão estendida.

Para este engraçado animal de estimação, é importante desenvolver a alimentação certa, preparar o seu espaço pessoal em forma de local de dormir, bem como cuidar dele e dedicar-se a passeios e jogos.

Em apartamentos pequenos, os leitões se sentem desconfortáveis ​​e mantê-los em gaiolas e aviários também é considerado malsucedido. Normalmente, os proprietários reservam um sofá velho, uma poltrona ou uma grande cesta forrada para o porco. O local pessoal do animal deve ser bem ventilado e ao mesmo tempo protegido de correntes de ar.

Um piso escorregadio causará muitos transtornos ao mini porco, pois ele cairá constantemente. Antes de comprar, inspecione cuidadosamente a sala para ver se há fios abertos, aparelhos elétricos, produtos químicos domésticos e outros itens perigosos. É aconselhável escondê-los do porco curioso.

O animal precisa estar em uma superfície dura para que os cascos sejam apagados naturalmente, caso contrário, o piso da casa será danificado. É necessário cortá-los pelo menos uma vez a cada 2 anos, referindo-se a um especialista. Recomenda-se castrar machos, caso contrário eles ficarão bravos e agressivos. Os leitões vivem de acordo com o horário apresentado e acostumam-se rapidamente, lembram-se do seu lugar e não são indiferentes aos procedimentos hídricos.

Em uma nota! Os porcos decorativos vivem de 10 a 15 anos.

Doenças possíveis

Os mini-porcos em casa podem ser expostos a muitos resfriados. Portanto, não se deve oferecer água fria aos suínos em climas quentes, bem como aquecer os alimentos à temperatura ambiente.

É obrigatório vacinar contra raiva, peste e outras infecções igualmente graves.

Se um animal de estimação está infectado com parasitas, você precisa entrar em contato com um veterinário experiente para obter aconselhamento. Para evitar que o miniporco transmita doenças parasitárias a uma pessoa, é necessário monitorar sua higiene.

Reprodução de mini porcos

Envie o mini-porco macho para a mesma sala que a fêmea, que lhe é familiar, por pelo menos 15 horas. Isso é o suficiente para que eles se conheçam, e o processo de acasalamento aconteceu. Muitos criadores de porcos recomendam repetir o resumo novamente após 5 dias. O porco dará crias 118 dias após a fertilização, por isso conte o tempo e prepare um pequeno curral ou cesto quente com antecedência. Dentro de 2 meses, os leitões devem estar perto da mãe e beber seu leite.

Diferenças de um porco comum

Existem características distintivas significativas, com as quais você pode facilmente distinguir um mini-porco de um porco doméstico comum criado para abate:

  • o mini porco é pequeno mesmo depois de ter crescido;
  • um leitão e um animal de estimação adulto não emitem odores desagradáveis, por isso podem ser mantidos em casa, apartamento e outros espaços fechados;
  • os mini-porcos têm uma pelagem mais densa;
  • eles são caros, portanto, não estão disponíveis para todos.

Antes de comprar, não deixe de pedir ao vendedor o pedigree do porco, peça passaporte e outros documentos para evitar fraudes.


Assista o vídeo: Mini porco se torna um novo tipo de pet; confira (Junho 2021).