Além disso

Características e descrição da variedade de tomate Gigant da Sibéria, seu rendimento


Os tomates gigantes da Sibéria são famosos por seu grande tamanho e resistência às flutuações de temperatura. Esta variedade foi desenvolvida na Sibéria especificamente para o cultivo de tomates em áreas mais frias. Ela cresce principalmente em estufas. Possui forte imunidade a muitas doenças.

O tomate gigante da Sibéria tem frutos muito saborosos e de forma invulgar. Eles são cultivados para consumo in natura, bem como para fazer sucos, massas, adjika. As frutas contêm muitas vitaminas e minerais. Eles são bons para o sistema imunológico. Você pode ler a descrição da variedade no saco de sementes.

Mais sobre a variedade

A caracterização do tomate ajuda a determinar quais as condições de cultivo e de cuidado necessárias. Essa variedade é de meia temporada, os primeiros vegetais aparecem três meses após o plantio das sementes. O gigante siberiano é cultivado em uma estufa ou no campo aberto sob um filme. Ele não tem medo do frio. Ele não tem medo de mudanças bruscas de temperatura.

Os arbustos geralmente são altos, podem crescer até dois metros. É por isso que na primavera eles o amarram imediatamente. O caule é denso, a folhagem é densa. Folhas e flores são simples. Para uma boa frutificação, é melhor formar um arbusto em um caule e arrancar as folhas.

A folhagem muito densa pode bloquear a luz necessária para os tomates.

Os frutos crescem grandes. Seu peso pode chegar a 900 gramas. Eles são redondos, alongados, com nervuras nas laterais. A cor às vezes é amarela ou rosa, mas mais frequentemente é vermelha. O sabor é doce, suculento, macio. Eles são consumidos em saladas frescas ou sucos, adjikas, massas são preparadas.

Todos podem cultivar este híbrido, conhecendo todos os requisitos para o cuidado. Nas regiões do norte, os cuidados devem ser tomados com mais cuidado.

Recursos crescentes

Para que o rendimento seja alto, você precisa saber como cultivar adequadamente grandes variedades de tomates. Normalmente, esses híbridos são plantados com sementes em recipientes especiais e cultivados no parapeito de uma janela. Ao bicar as sementes, os brotos podem ser plantados em recipientes separados para que seu sistema radicular receba mais nutrição. Quando as mudas atingem o tamanho certo, são transplantadas para uma estufa.

Os brotos no peitoril da janela são monitorados cuidadosamente, mantendo a umidade, alimentando-os. É importante saber que a melhor temperatura para as brotações é de 18 graus. Uma boa iluminação é extremamente importante. Se a luz do dia não for suficiente, você pode colocar uma lâmpada.

Ao plantar no jardim, é preciso respeitar a distância entre as mudas para que suas raízes não interfiram no crescimento uma da outra e não tirem nutrientes. Os tomates adoram solo fértil, por isso é importante não se esquecer do tempero na primavera e no meio do verão.

Dos fertilizantes, é preferível colocar esterco, potássio, fósforo, nitrato de amônio, turfa, excrementos de galinha. Eles geralmente são alimentados antes do plantio, durante a floração e antes da frutificação.
Se essas variedades forem plantadas em terreno aberto, é melhor cobri-las com uma película especial. Isso pode proteger contra chuva, vento, orvalho. Todos os ramos e processos desnecessários são cortados do arbusto, deixando um caule. Isso permitirá que mais frutas amadureçam.

Como cuidar

O rendimento dos tomates depende unicamente de quanto esforço a pessoa fez para cuidar deles. Água, alimentação, luz, temperatura, umidade são importantes aqui. Se você cuidar incorretamente dos tomates, eles murcharão, os frutos começarão a crescer pequenos e o sabor mudará.

Regras básicas de atendimento:

  • Uma boa rega é sempre importante para os tomates. Deve-se defender a água do barril, não fria. Derramar no chão também é muito prejudicial;
  • O afrouxamento da terra deve ser sempre correto e oportuno, assim como o amontoamento dos canteiros. Nesse caso, é importante não danificar as raízes da planta;
  • As ervas daninhas são certamente removidas da raiz para que não interfiram no suprimento de alimentos para as hortaliças;
  • Cobertura com fertilizantes orgânicos e minerais em diferentes períodos de crescimento;
  • O arrancamento das folhas superiores e inferiores, bem como os processos de arrancamento do excesso são necessários para o desenvolvimento normal dos frutos;
  • Executar medidas preventivas de combate a pragas: borboletas, carrapatos, besouros, lesmas, ursos;
  • Arbustos altos são amarrados com cordas;
  • É imprescindível ventilar a estufa abrindo a porta da frente ou respiros, ajustando assim o nível de umidade desejado.

Cuidar desse tipo de híbrido não é difícil, até mesmo um jardineiro novato pode lidar com isso. Seguindo as regras, você pode obter muitos tomates aromáticos doces.

Opiniões de jardineiros

As críticas de todos os que plantaram o gigante concordam principalmente no fato de que essa variedade é repleta de vantagens. Os frutos são muito grandes, saborosos, suculentos. Além disso, esta variedade é resistente ao frio e a muitas doenças. Little é atacado por insetos nocivos.

Natalia: Eu plantei um gigante em uma estufa pela primeira vez. Escolhi por causa de seu tamanho grande. Os frutos cresceram muito, têm um sabor muito interessante. As saladas com a sua adição são consumidas com prazer por todos os membros da família. Os tomates podem ser salgados em potes, mas depois de cortados.

Anton: Eu sempre escolho essa variedade para os tamanhos grandes de vegetais. Eu os planto no início de maio. Eles não têm medo de geadas e noites frias. Eles gostam quando a terra está bem fertilizada, então o rendimento é grande. O cuidado não é capricho, mas exige regar, amarrar e prender com qualidade. O sabor é incomparável, açúcar.

O tomate gigante siberiano irá agradar aos amantes de frutas grandes. Esta variedade merece ser plantada em hortas devido à sua frutificação abundante. O cuidado adequado garante excelentes resultados. Boas aterrissagens!


Assista o vídeo: CULTIVO DE TOMATE EM ESTUFA (Outubro 2021).