Além disso

Como se livrar das doenças e pragas da bérberis, o que fazer para combatê-las


O arbusto de bérberis é plantado para paisagismo do território, formando barreiras verdes naturais e decorando escorregadores alpinos. Além disso, os frutos do arbusto são atraentes, que assim permanecem durante o inverno. Apesar dos esforços do jardineiro e das medidas preventivas, os arbustos são afetados por doenças, são vencidos por vários insetos nocivos. Os sintomas das doenças da bérberis são diferentes: deformação da casca, violação da estrutura do caule, placas foliares e brotos.

As principais doenças da bérberis e métodos de tratamento

As plantas de barberry são consideradas relativamente resistentes a doenças. As doenças que afetam as plantas são cancerígenas ou fúngicas. Com medidas terapêuticas adequadas, a planta é restaurada.

Ferrugem da folha

O fungo provoca o desenvolvimento da doença, que se desenvolve devido à diminuição das funções protetoras da planta. Se o arbusto não recebe os elementos úteis necessários, enfraquece. Sintomas de derrota:

  • manchas laranja-acastanhadas nas placas das folhas, rebentos;
  • na face inferior da lâmina foliar, são visíveis micélios de cor esbranquiçada e forma arredondada.

Você pode se livrar dele borrifando preparações contendo enxofre. O líquido bordalês é o ideal. Todas as folhas afetadas pela doença devem ser queimadas.

Mancha da folha

A lesão é caracterizada pelo aparecimento de manchas brancas (com coloração acinzentada), acastanhadas, acastanhadas e pretas. Cada gênero de manchas produz um parasita diferente. O processamento de má qualidade ou não realizado dentro do prazo leva à morte do arbusto.

O que fazer se esses sinais forem encontrados? Produtos químicos e fungicidas biológicos são eficazes. Os arbustos frutíferos precisam de produtos mais fiéis, a pulverização com os quais é realizada algumas semanas antes da colheita dos frutos.

Oídio

O fungo provoca a doença. Quando as folhas estão cobertas por uma flor branca, começa a secar a planta. Em caso de danos graves, a folhagem torce e fica coberta por uma rede de teias de aranha.

Para o tratamento de arbustos, é necessário o uso de medidas complexas:

  • processamento com solução de carbonato de sódio com sabão;
  • em caso de danos graves, trate com solução de manganês;
  • a folhagem precisa ser queimada;
  • processar o arbusto até que as flores apareçam com um agente químico "Vectra", "Skor", coloidal cinza.

Em caso de danos graves, trate com "Fitosporina". Além disso, para fins preventivos, você pode produzir pulverização sazonal.

Necrose da casca

A derrota é caracterizada pela morte de brotos, formação de tubérculos com esporos que aparecem na casca rachada. Para tratamento, corte todos os ramos doentes 15-17 cm além da área de propagação da doença, queime. Pulverize os ramos restantes com sulfato de cobre e cubra os cortes com verniz de jardim.

Caules encolhendo

Como resultado da doença, a casca é afetada por patógenos fúngicos. Sintomas típicos:

  • a casca e a coroa secam;
  • galhos morrem.

A propagação posterior pode ser interrompida pela poda dos ramos doentes, pulverizando-se com um agente químico ou biológico.

Bacteriose

A bactéria pseudomonas provoca o desenvolvimento de uma doença relacionada ao câncer. Sintomas típicos:

  • manchas aquosas na copa, brotos, estacas;
  • rachadura da casca, câncer;
  • folhagem morre rapidamente;
  • os ramos incham e formam-se lesmas de uma tonalidade acastanhada.

Para combater a doença, os ramos afetados são cortados, queimados, o arbusto é tratado com um agente químico.

Doenças cancerosas

As lesões cancerosas aparecem como:

  • cones nos galhos;
  • rachaduras;
  • podridão.

Os cânceres são limpos e tratados com sulfato de cobre por meio de produtos químicos (Fundazol, Bayleton). Quando a parte inferior da planta é afetada, ela não pode ser salva.

Murchando bérberis

Com esta doença, as folhas e os rebentos individuais murcham e ficam de um lado do arbusto. As folhas de toda a planta gradualmente murcham e enrolam. Anéis vasculares escurecidos são visíveis nas seções. O agente causador é um fungo do gênero Fusarium. A infecção do solo atinge as raízes, ocorre a decomposição, a planta seca.

Pragas e como proteger a planta delas

A planta pode murchar, morrer, não apenas aquela afetada pela doença, mas muitas vezes é oprimida por insetos nocivos. Exame vigilante, medidas preventivas ajudarão a evitar tais problemas. O extermínio de insetos deve ser feito na fase inicial, caso contrário o arbusto se perderá.

Lagartas

Lagartas de mariposas, mariposas, mariposas, mosca-serra bérberis, colher comer a folhagem da bérberis, por isso começa a desbotar, adquire uma aparência retorcida e seca.

O combate é feito com o auxílio de produtos químicos e biológicos. Por que é importante que os arbustos frutíferos pulverizem pelo menos 20 dias antes da colheita? A concentração de substâncias nocivas nos frutos de bérberis é reduzida. Entre os métodos populares, fumigação, pulverização com uma decocção de camomila e absinto amargo são populares. É importante podar a folhagem para fins de saneamento.

Pulgões em bérberis

Pulgões, cochonilhas e cochonilhas causam danos colossais à planta. Os insetos sugam o suco do arbusto, o que leva ao seu murchamento e secagem. Uma forma eficaz de combate é a pulverização com produtos que contenham enxofre. Em conjunto, recomenda-se o uso de métodos populares: infusão de alho, azeda de cavalo, tubérculos de batata, dente de leão, tabaco.

Ácaro

O ácaro produz inchaços nos galhos, deformando os brotos e as placas foliares. Para exterminar o inseto, é realizado tratamento com agentes antiácaros. Você pode corrigir o resultado com infusão de tubérculos de ciclâmen, álcool medicinal.

Ações preventivas

As medidas preventivas irão evitar danos ao arbusto por doenças e pragas.

Esses incluem:

  • compra, plantio de plantas saudáveis ​​de alta qualidade;
  • alimente o arbusto, aplique os fertilizantes necessários;
  • rega correta;
  • criação das condições necessárias para o fortalecimento da planta;
  • inspecionar minuciosamente a planta de forma sistemática;
  • fazer poda higiênica removendo galhos secos;
  • folhas caídas, onde os patógenos hibernam, queimam;
  • fazer a pulverização preventiva do arbusto durante a estação de crescimento.

Avaliação dos melhores remédios populares e de loja

Hoje, a indústria química oferece uma grande seleção de produtos biológicos que são seguros para humanos e animais. Alguns deles podem lidar com bérberis até a colheita. Esses incluem:

  1. Fitoverm é um inseticida usado para matar insetos: pulgões, moscas brancas e outras pragas. É usado quando eles aparecem e novamente após 2 semanas.
  2. O "Boverin" é um produto biológico inseticida contra insetos, o prazo de validade é de 2 meses, após o qual não é adequado para uso.
  3. "Aktofit" é um meio de extermínio de insetos em plantas agrícolas e ornamentais. É utilizado assim que detectado por pragas.
  4. "Bicol" - usado para matar insetos, é eficaz contra 80 tipos de pragas.
  5. "Fito-Doctor" é um fungicida biológico desenvolvido para combater insetos nocivos.
  6. "Mikosan" - é usado para proteger contra fungos, vírus, bactérias. É de origem natural, é permitido usá-lo na frutificação, é seguro para pessoas, animais, pássaros, abelhas e aumenta a imunidade da planta.
  7. A "Fitosporina" é uma preparação microbiológica eficaz contra doenças fúngicas e bacterianas em qualquer cultura: flores em casa, no jardim nas árvores, arbustos. É usado para qualquer período de vegetação, floração ou frutificação.
  8. "Baktofit" é uma preparação biológica que lida eficazmente com infecções fúngicas e bacterianas de vegetais, cereais, flores e plantas ornamentais. Durante o tratamento, não ocorre a formação de resistência em bactérias patogênicas, portanto, o tratamento pode ser realizado repetidamente até que o resultado seja obtido.
  9. "Alirin" é um fungicida biológico para a eliminação de doenças fúngicas no solo, nas plantas, próximo em composição e ação à "Fitosporina". A ferramenta reduz a toxicidade do solo após o uso de produtos químicos, restaura a microflora, não causa dependência de patógenos e produz efeito imunomodulador.
  10. O líquido bordalês é um produto químico comprovado na luta contra várias doenças fúngicas. Com uma dosagem calculada corretamente, a droga não prejudicará a planta, as pessoas e os animais, ao mesmo tempo que elimina efetivamente o fungo.

Alguns jardineiros compartilham conselhos sobre como pulverizar usando remédios populares seguros:

  • decocção de tabaco: 450 g de makhorka despeje 10 litros de líquido fervente, insista;
  • com uma decocção de batata: ferva 2 kg de cascas de batata, dilua em 10 litros de líquido;
  • decocção de alho: 650 g de alho em 10 litros de líquido fervente.

Se você adicionar sabão ralado à solução, o efeito é aprimorado.

Termos e esquema de processamento

A pulverização é realizada com Vectra, Skor, preparações Cumulus antes e depois do processo de floração. Com um forte desenvolvimento da doença - no outono, quando a safra é colhida.

A época ideal para o tratamento de primavera com uma mistura de uréia e sulfato de cobre é quando a temperatura média do ar está acima de zero e os botões já estão inchados, mas as folhas não foram liberadas. Se a folhagem acabou de aparecer, você também pode borrifar, depois será inútil. Além do controle de pragas, é realizada a reposição de nitrogênio. A planta entra no processo de crescimento mais rápido, o período de floração muda.

A eliminação das pragas é realizada assim que aparecem e novamente para profilaxia após 2 semanas.

É impossível dizer ao certo os prazos de processamento por meses, pois dependem das características climáticas da região, das condições climáticas de um determinado ano.


Assista o vídeo: Controle da praga do maracujá garante sucesso da produção (Outubro 2021).