Além disso

Descrição e características da variedade de pêra catedral, cultivo e polinizadores


A maioria das pessoas não consegue passar indiferentemente por uma pêra suculenta e perfumada. Sabor excelente, plantação despretensiosa - tudo isso torna a pêra popular entre os jardineiros. A abundância de variedades de pereiras permite que você frutifique em diferentes regiões, mesmo onde antes você só poderia sonhar. A variedade de pêra catedral pertence às variedades familiares de alto rendimento, que se distinguem pela robustez do inverno e excelentes características de sabor.

Descrição histórica e características da pêra Catedral

Isso é fruto do trabalho dos criadores domésticos. ST Chizhov e SP Potapov, cientistas da Academia Agrícola de Moscou, começaram a desenvolver a variedade; em 1990 foi testado. Em 2001, a variedade foi incluída no Registro do Estado Russo.

Uma árvore não muito alta com copa cônica é caracterizada por galhos esparsos, com pontas ligeiramente curvadas para cima.

A cor dos ramos esqueléticos é cinzenta, a casca é lisa, os rebentos jovens são castanho-avermelhados, com um rebordo claro.

Pereira com folhas de tamanho médio, ligeiramente serrilhada, de ponta afiada. Eles são brilhantes, verdes claros, com uma superfície brilhante e brilhante. As flores são grandes, com pétalas ligeiramente côncavas, de delicada cor branca.

Frutos que pesam 120-140 gramas, a polpa é macia e suculenta, com um ligeiro azedume. Ideal para secar, compotas, compotas e conservas. Os frutos têm casca lisa e brilhante e são verdes ou ligeiramente amarelados. Esta variedade precisa de polinização para bons rendimentos. Peras das variedades Lada, Detskaya são os melhores polinizadores para a Catedral.

Vantagens e desvantagens

As vantagens da pêra Catedral são óbvias para qualquer jardineiro:

  • alta resistência à geada;
  • boa produtividade;
  • resistência a doenças;
  • frutificação precoce (por 3-4 anos de plantio).

As desvantagens não são tão óbvias, razão pela qual esta variedade é popular entre os jardineiros da Faixa Média, ela é cultivada no sul e nas regiões dos Urais.

As desvantagens incluem:

  • tamanho modesto;
  • qualidade insuficiente de conservação dos frutos;
  • os frutos maduros batem durante o transporte.

Além disso, são muito saborosos, próprios para processamento, a variedade é utilizada para cultivo industrial.

Como plantar uma pêra corretamente

Mudas de árvores frutíferas devem ser compradas em viveiros - eles vendem plantas varietais, se você comprar material de plantio de baixa qualidade, você pode devolver a compra.

Termos de trabalhos de plantio

A árvore pode ser plantada na primavera e no outono. O plantio no outono confere grande resistência às geadas, com o plantio na primavera - a muda consegue ficar mais forte antes do início do frio. Na primavera, a pera é plantada da terceira década de março a meados de abril, no outono - setembro a outubro, para que a árvore tenha tempo de se adaptar às geadas.

Seleção de assento

A pêra precisa de um local ensolarado e protegido do vento, com solos leves. Ela não tolera solo pesado e alta umidade.

Importante: a árvore não aguenta a vizinhança com o freixo da montanha, é melhor plantar ao lado da macieira.

Para o plantio, opta-se por mudas fortes de 1 a 2 anos, com sistema radicular desenvolvido, sem danos, com casca lisa e brilhante. Não deve haver áreas secas ou manchas nele.

Esquema de pouso

No dia anterior ao plantio, as raízes são embebidas em uma solução de verbasco.

É cavado um buraco com um diâmetro de 1 metro e uma profundidade de 40-50 centímetros. Ele está sendo preparado com antecedência, no outono. Para o plantio de outono - 3-4 semanas antes do evento, para o plantio de primavera - antes do início da geada.

Antes do plantio, o fundo do buraco é solto, uma mistura de fertilizante de potássio-fósforo complexo e composto é aplicada. Um monte é colocado no fundo do poço, sobre o qual as raízes da muda são distribuídas uniformemente.

O buraco é coberto com terra, é bem socado, deixando o colo da raiz 3-5 centímetros acima da superfície do solo.

A planta é regada, o solo ao redor é coberto com cobertura morta, a muda é amarrada a suportes, as estacas ficam a uma distância igual da muda e não permitem que o plantio se incline.

Como cuidar de uma variedade

Para obter bons rendimentos, 2-3 pereiras são plantadas nas proximidades, que fornecem polinização cruzada.

A pera não cresce bem em baixadas, com ocorrência próxima de água subterrânea, reage negativamente à umidade, por isso as plantações devem ser bem ventiladas.

Cuidado do solo

A planta prefere solos leves e férteis, as raízes da pêra são profundas, portanto, suportam uma leve retenção de umidade. Em solos ácidos ao redor da muda, uma pequena quantidade de cinza de madeira é aplicada.

Rega

As mudas são regadas uma vez por semana. A rega requer 10-20 litros de água não muito fria. Uma árvore adulta é regada 1 a 2 vezes por mês. O solo está solto e bem coberto com cobertura morta.

Poda

As árvores são podadas para a formação adequada da copa, eliminando os galhos velhos ou doentes, para rejuvenescer a árvore. O corte da coroa de modelagem deve ser confiado a especialistas.

Para reabilitar a árvore, ela é podada após a queda da folhagem e no início da primavera. Remova os ramos afetados que tornam a coroa muito grossa.

Cal

Antes da caiação, o tronco é limpo de pedaços mortos de casca, líquenes e musgo. Mãos, vestidas com luvas domésticas, limpe cuidadosamente o cano. Certifique-se de limpar a parte inferior do tronco e a base dos ramos do esqueleto. A aplicação de calcário protege a árvore de doenças e pragas. As mudas são branqueadas com uma solução menos concentrada.

Importante: a caiação é realizada com óculos de proteção e luvas de borracha. A cal é altamente corrosiva para a pele e causa lesões oculares graves.

O tronco e as bases dos ramos esqueléticos são processados. A caiação é realizada no outono - após a queda das folhas e na primavera - após o derretimento da neve.

Fertilizantes

O solo é fertilizado com matéria orgânica a cada 3-5 anos - um fertilizante mineral complexo é misturado ao solo e introduzido em trincheiras rasas cavadas em espiral ao redor da árvore. A largura da coroa irá ajustar o diâmetro de aplicação do fertilizante.

A pêra não gosta de nitrogênio, eles devem ser fertilizados quando absolutamente necessário (uma desaceleração acentuada no crescimento, uma diminuição na produção).

Como proteger uma pêra da geada

As mudas jovens da Catedral são protegidas da geada envolvendo o tronco com estopa, que é impregnada com óleo diesel, poeira e outros preparados para ratos. A zona da raiz também é isolada com palha, que deve ser misturada com ervas que repelem ratos (tansy, hortelã, absinto). A neve ao redor da muda está bem amassada.

Pragas, doenças e controle delas

A pêra catedral é resistente à maioria das pragas e doenças, mas definitivamente precisa de processamento adicional.

Doenças características da Catedral

A pêra é suscetível a doenças fúngicas. As plantas podem ficar doentes:

  1. Oídio. É caracterizada por uma flor branca nas folhas e frutos, à distância parecem polvilhados com farinha. A doença afeta outras árvores frutíferas. As folhas afetadas se enrolam, secam e caem. As frutas apodrecem e se esfarelam.
  2. Moniliose. A queimadura monilial e a podridão dos frutos, características desta doença, desenvolvem-se facilmente e espalham-se com clima quente e alta umidade.
  3. Fungo preto ou fuliginoso. A doença leva à obstrução dos poros e à morte das folhas. Privada de vegetação, a árvore morre rapidamente. Se for encontrada placa fúngica, a rega deve ser reduzida.
  4. Ferrugem nas folhas. A doença é caracterizada pela presença de uma camada avermelhada-enferrujada nas folhas. Buracos se formam nas folhas, eles secam e caem.

Para proteção contra doenças fúngicas, utiliza-se Bordeaux líquido ou fungicidas adequados de ação complexa (Topázio, Horus). O processamento é realizado na primavera, antes da abertura do botão. Um segundo tratamento é necessário antes da floração.

Para proteger a árvore de doenças, os círculos das raízes são limpos de ervas daninhas. Folhas caídas, frutos doentes e galhos doentes cortados devem ser retirados da árvore e queimados.

Os sabotadores atacando a Catedral

Uma pêra pode sofrer de pulgões, gorgulhos, vários tipos de lagartas e borboletas (espinheiro, melada). Para proteção, são utilizadas soluções inseticidas, pulverizando com uma infusão de absinto, tanásia, pó de tabaco. O sabão em pó é adicionado à solução para aderir bem às folhas.

Os inseticidas são utilizados em total conformidade com as recomendações do fabricante, utilizando equipamentos de proteção para as mãos, trato respiratório, utilizando roupas justas com mangas compridas no processamento.

A quais regiões a variedade está mais adaptada

A variedade Kafedralnaya foi criada para a Rússia Central. Hoje, ele se espalhou para regiões mais ao sul e ao norte. A árvore se sente muito bem na região de Rostov e no Médio Ural. A Catedral está crescendo bem na região de Moscou.

Amadurecimento e armazenamento de frutas

Pear Cathedral pertence às variedades de verão. Em regiões mais ensolaradas, os frutos amadurecem mais rápido - no final de agosto, as regiões frias colhem em setembro. Recolher os frutos manualmente para não esmagar os frutos tenros e suculentos.

Com eles são preparadas deliciosas compotas, consumidas frescas e preparados sumos e compotas.

A pêra catedral, com cuidado e despretensão, é capaz de produzir bons rendimentos. É por isso que a variedade é tão apreciada pelos jardineiros russos.


Assista o vídeo: Poda peral en primavera (Junho 2021).