Além disso

Como e quando tratar uvas da podridão cinzenta, como lidar com drogas e remédios populares


As uvas são uma baga saborosa e saudável. Um verdadeiro depósito de vitaminas. Para colher um alto rendimento, é necessário proteger as uvas do cinza e de outras podridões; você precisa saber como e quando processar a videira. Quando infectados com um fungo, os aglomerados inteiros sofrem. Mesmo jovens brotos e folhas. A tarefa do agricultor é prevenir doenças ou tratar com eficácia as enfermidades que surgiram na planta.

Quais são os tipos de podridão?

Existem vários tipos de podridão. Os mais comuns são podridão cinza, branca e preta.

A podridão cinzenta nas uvas é mais comum do que outros tipos. Pode afetar diferentes partes da planta. O fungo tem um efeito prejudicial na cultura. Bagas contaminadas não são adequadas para alimentos ou processamento. Se a doença não parar a tempo, pode afetar todo o vinhedo.

O aparecimento de podridão branca nas uvas não é menos perigoso. Se o fungo não for detectado a tempo, ele destruirá a maior parte da colheita. Seu perigo também está na possibilidade de afetar outras plantas cultivadas e silvestres.

A podridão negra que aparece nas uvas difere das outras porque hiberna na videira. Após o início do crescimento do rebento, a planta infecciona. Isso acontece no final da primavera ou início do verão, quando está quente e úmido. Este processo é mais rápido perto de corpos d'água.

Razões para o aparecimento

As causas da infecção de podridão são diferentes. Por que as uvas apodrecem? Em grande medida, isso é influenciado pelas condições meteorológicas. As chuvas prolongadas favorecem o aparecimento de podridões cinzentas e pretas. O branco ocorre após longos dias de seca.

Toda a planta é afetada pela podridão cinzenta. Mas é especialmente perigoso para frutos maduros. Com o excesso de umidade, a pele se rompe, o fungo se multiplica rapidamente em condições favoráveis. O mesmo resultado ocorre após a queda do granizo, que fere a pele delicada das bagas. Vespas e pragas de jardim causam danos.

Quando as bagas são danificadas pela podridão negra, parte da colheita morre. Brotos e folhas não estão expostos a este perigo.

Na primavera, surge um fungo da podridão branca, que hibernou na casca e nas folhas caídas, infectando os brotos. As queimaduras solares são outra razão para a rápida disseminação da doença. Dos frutos infectados que não são colhidos a tempo, os frutos saudáveis ​​são infectados.

Sinais de doença

Os sintomas de doenças por diferentes tipos de podridão diferem entre si.

Quando afetadas pela podridão cinza, as folhas primeiro ficam cobertas de manchas acastanhadas com uma flor cinza. Então eles secam. Em caso de doença durante a floração, as inflorescências secam sem ter tempo de crescer. Se os cachos conseguiram se formar, durante a derrota por esse fungo aparecem manchas escuras nas uvas, que acabam se transformando em marrons.

Um sinal de podridão branca é um mofo branco que cobre as bagas afetadas. Seu tamanho diminui. As folhas infeccionam, escurecem e secam. Menos comumente, manchas aparecem nas fotos.

Com a podridão negra, os bagos escurecem, perdem a elasticidade, murcham, enrugam-se e apodrecem ou ressecam. Esse fungo aparece pela primeira vez nas folhas como pequenas manchas acastanhadas com bordas escuras.

Um efeito prejudicial nas uvas

O meio ambiente tem um efeito prejudicial ou benéfico na produção e na qualidade dos frutos. Somente em condições climáticas ideais a alta qualidade das uvas é possível. Depende das condições de crescimento da planta desde o plantio até a colheita.

O volume da colheita é influenciado pelo teor de umidade do solo, o número de dias de sol. Secas, chuvas, granizo e geadas prematuras podem ameaçar o crescimento das mudas.

Com chuvas prolongadas, fica mais fresco, os cachos não amadurecem bem. As bagas têm um teor insuficiente de açúcar, um excesso de ácido. Como resultado, sua qualidade é prejudicada. Com muita água, as uvas rebentam, criando um terreno fértil para doenças fúngicas.

Com a seca prolongada, o crescimento e o amadurecimento dos bagos são retardados, os processos metabólicos são interrompidos, a umidade evapora mais rápido, a polpa perde sua suculência. Isso leva à morte de mais de uma mão.

Em altas temperaturas do ar, podem ocorrer queimaduras solares, afetando não apenas as folhas, mas também os frutos. As folhas danificadas estão cobertas de flores e manchas marrons. Então eles secam e caem. Isso abre outras partes da vinha, que também se deterioram. A queimadura ocorre com mais frequência após a rega, quando as gotículas de água permanecem na superfície, que atuam como lentes naturais.

Para proteger as plantas das queimaduras solares, ao regar nas épocas quentes, é necessário evitar que a água entre nas folhas e nos bagos. No próprio sol - cubra os arbustos com um pano macio.

A geada é tão ruim para a colheita. Mesmo depois de uma leve geada, o vinhedo não está no seu melhor. A ingestão de açúcar nas bagas é limitada, elas não amadurecem. Quando as geadas se intensificam, as bagas estão caindo. As folhas sumiram.

Para alta produtividade, a vinha precisa de boa iluminação. Com a falta de luz, as folhas ficam menores, os brotos ficam mais finos. O desenvolvimento da inflorescência diminui. Os cachos estão mal formados, os botões dos frutos mal colocados. As flores caem, o rendimento é drasticamente reduzido. Vinhas melhor iluminadas crescendo em encostas e colinas.

Com o cuidado adequado da vinha, o rendimento e a qualidade aumentarão. O plantio correto, cultivo do solo, formação de arbustos, poda, pinçamento desempenham um papel importante.

Se as vinhas não estiverem amarradas, elas entrarão em contato com o solo, contaminando os cachos. Ao mesmo tempo, a baga apodrece e racha, infecciona com mofo e desaparece.

Variedades mais vulneráveis

Nem todas as variedades de uvas são suscetíveis ao apodrecimento, mas existem arbustos que são especialmente sensíveis a esta doença.

A podridão cinzenta geralmente afeta as variedades de uvas que têm um cacho denso e um alto teor de açúcar. Por exemplo, variedades de uvas de amadurecimento precoce como: Golubok, Pearl Saba, Rusbol, Muscat Tairovsky.

A podridão branca é mais comum: Rhine Riesling, Seibel 1, Plavai, Alimshak.

Variedades são suscetíveis à podridão negra: Itália, Muscat húngaro, Chassela branca, Pérolas de Saba.

Métodos e dicas para tratar a podridão

O principal é detectar sinais de infecção nos estágios iniciais. Isso ajudará a se livrar da doença e salvar a maior parte da colheita.

Para tratar a podridão branca em uvas, as seguintes medidas de controle devem ser tomadas.

Antes do tratamento com antifúngicos, o arbusto deve ser liberado das partes infectadas. Se houver duas ou três uvas danificadas pelo apodrecimento do cacho, é necessário remover todo o cacho. A probabilidade de espalhar a infecção para outras frutas é alta.

O líquido bordalês é adequado para o processamento de vinhedos. A pulverização deve ser feita no início da manhã ou à noite. As preparações que contêm teofanato de metila ou penconazol são consideradas um remédio eficaz para livrar-se dos arbustos da podridão.

Você pode borrifar uvas da podridão cinzenta com tais preparações: Smilix, Switch, Ronilan. O processamento é realizado quatro vezes por temporada. Além disso, o tratamento pode ser realizado com sulfato de cobre. Em dez litros de água, diluem-se 15 gramas do medicamento.

O que fazer se a vinha for afetada pela podridão negra? Em primeiro lugar, é necessário remover as partes danificadas da bucha. Em seguida, trate as uvas com preparações especiais, como: Antrakol, Topázio, Bayleton. A primeira pulverização é efectuada depois da floração das folhas e, depois - antes da floração, pela terceira vez - durante o crescimento dos bagos.

A pulverização final é feita no outono, após a colheita. Se após o tratamento das uvas com preparações tiver chovido, é necessário repetir a pulverização.

As formas de combater e proteger as uvas da podridão são a pulverização preventiva do arbusto uma vez por mês. Além disso, as condições favoráveis ​​para o desenvolvimento das uvas terão um papel importante. Como você sabe, é mais fácil prevenir uma doença do que curá-la.

Métodos populares de luta

Muitos residentes de verão têm medo de tratar uvas com produtos químicos. Eles se perguntam: como lidar com os remédios populares com um fungo? Existem várias soluções eficazes que podem ajudar a combater a podridão:

  1. Dissolva 50 gramas de mostarda em pó em 5 litros de água quente. Insista em um local escuro por dois dias. Solução de mostarda pronta, antes de pulverizar, diluir com água 1: 1.
  2. Adicione dez gotas de iodo a um balde de água e mexa. Processe a vinha com a solução uma vez por semana.
  3. Em dez litros de água, 70 gramas de refrigerante devem ser diluídos. Pulverize os frutos e folhas das uvas com a solução resultante com uma leve infecção.
  4. Dilua cem gramas de sabão em pó em dez litros de água. Borrife as uvas com água e sabão em tempo nublado, mas não chuvoso.
  5. Dissolva 50 gramas de carbonato de sódio em um balde de água, despeje 40 gramas de óleo. Trate os arbustos com esta solução uma vez a cada dez dias.
  6. Em cinco litros de água, dilua um litro de kefir ou leite azedo, acrescente vinte gotas de iodo. Pulverize uma vez por década.
  7. Despeje 100 gramas de rabo de cavalo seco com um balde de água, insista em um local escuro por 24 horas. Em seguida, cozinhe por duas horas em fogo baixo. Coe o caldo acabado. Após o resfriamento, diluir com água 1: 5. O caldo é armazenado por sete dias em local fresco.

Mas não se esqueça de que os remédios populares podem ser usados ​​com uma forma leve de infecção ou como prevenção de uma doença. Em caso de infecção grave, vale a pena usar fungicidas.

Medidas de prevenção

Antes do cultivo da uva, é necessário escolher uma variedade adequada, de acordo com as condições climáticas do seu posterior cultivo. Para proteger e prevenir doenças, é necessário criar condições normais para o crescimento e desenvolvimento da videira:

  1. Em primeiro lugar, é uma iluminação suficiente.
  2. Poda oportuna da videira.
  3. Fertilizante bem escolhido.
  4. Não é recomendado adicionar fertilizante orgânico ao arbusto.
  5. Todas as iscas devem ser produzidas de acordo com o cronograma.
  6. Mantenha o solo sob o arbusto limpo, evitando que folhas e frutos caídos apodreçam.
  7. Rega moderada, soltando o solo, boa ventilação dos cachos, inspeção e pulverização constantes da planta.

O profilático pode ser usado no momento em que os brotos atingem quinze centímetros, e no outono, após a colheita. O arbusto deve ser tratado com preparações contendo cobre ou iodeto de potássio.


Assista o vídeo: DARK SAYINGS. THA VOYCE, BLISS, TRUTHSEEKAH u0026 PSYCHO MIND. ELEVATED MOMENTUM (Outubro 2021).