Além disso

Plantar e cuidar da tigrídia ao ar livre, quando desenterrar e como armazenar


O plantio de tigresa e os cuidados ao ar livre são do interesse de muitos floricultores. Esta planta é um bulbo perene despretensioso. Tem lindas flores. A cultura ganhou esse nome devido à coloração variada da base das pétalas. A planta pertence à família Iris. Sua pátria são os subtropicais da América. A flor certamente encherá o jardim de cores vivas.

Descrição e recursos

Tigridia é uma das variedades de culturas herbáceas perenes originárias da América do Sul. Em altura, a flor atinge 30-70 centímetros. O rizoma é uma formação bulbosa. De cima, é coberto por filmes castanhos secos.

As folhas têm formato de cinta e textura ondulada. Eles formam um leque e saem diretamente da saída da raiz. Há uma haste reta na parte central.

A floração da planta começa em julho e dura até as geadas de outono. Cada lâmpada produz 6 pedúnculos. Existem 2-3 botões neles. A corola inclui 6 pétalas, 3 das quais são maiores.

Após o término da floração, os frutos aparecem na planta em forma de cápsulas. Cada um deles contém várias sementes marrons.

Como plantar em terreno aberto

Para cultivar uma planta forte e viável, é necessário observar o momento e a tecnologia de plantio.

Tempo

Recomenda-se plantar tigridia no solo no final da primavera. A melhor época para fazer isso é maio. No sul, é permitido fazer o trabalho de plantio no início do mês, nas latitudes temperadas - no meio. No outono, plantar uma planta não vale a pena.

Preparação de material de plantio

O método mais simples de cultivar uma flor é considerado bulboso. Para isso, recomenda-se plantar no solo bulbos já brotados. Você também pode cultivar uma planta a partir de sementes. Para isso, basta semeá-los em caixas ou vasos na primavera. Quando a geada passa, as mudas são transferidas para o solo.

Esquema de pouso

Primeiro, no local você precisa fazer depressões de 8-12 centímetros e regá-las. Vale a pena manter uma distância de 15-20 centímetros entre as fossas. Isso fornecerá amplo espaço para os brotos e facilitará seu cuidado.

Crescendo e cuidando

Cuidar da sua cultura é muito fácil. Basta regar e fertilizar em tempo hábil. A cobertura morta do solo não é de pouca importância.

Rega

A planta precisa de rega suficiente. A irrigação convencional do solo não é suficiente. Ao crescer tigridia, é importante que a terra esteja bem saturada. A frequência de rega é selecionada levando em consideração a frequência de precipitação. Nos verões secos, este procedimento é realizado todos os dias, sendo a parte superior da flor irrigada adicionalmente.

Afrouxamento e remoção de ervas daninhas

O Tigridia não precisa ser solto. Basta cobrir o solo com turfa ou húmus. Nesse caso, você precisa eliminar sistematicamente as ervas daninhas dos canteiros. Isso ajudará a prevenir a propagação de ervas daninhas.

Top curativo

Depois de plantar a planta no solo, você precisa adicionar fertilização com nitrogênio. Para 1 metro quadrado, 30-40 gramas de fertilizante são usados. Quando a tigrídia começar a florescer, use um nitrophoska no mesmo volume.

Os produtores individuais fertilizam a planta com um intervalo de 2-3 semanas usando uma preparação complexa. É aplicado na raiz durante a rega.

Mulching

Para garantir o pleno desenvolvimento da tigrídia, a superfície do solo deve ser coberta com turfa ou húmus. Sob essa camada, o solo ficará solto por muito tempo. A cobertura morta ajuda a evitar a compactação do solo.

Removendo flores murchas

Após a floração, os botões murchas devem ser removidos. Graças à poda oportuna, é possível preservar as propriedades decorativas da cultura e garantir o aparecimento de novas flores.

Instalação de suportes

Plantas fracas precisam de suporte extra. Recomenda-se amarrá-los a suportes. Caso contrário, as primeiras rajadas de vento levarão à quebra dos pedúnculos.

Transferir

Para a floração mais precoce, os bulbos devem ser cultivados em casa. No início da primavera, eles são plantados em um vaso e regados moderadamente. À medida que a germinação avança, o solo precisa ser cada vez mais umedecido. Quando as setas aparecem, a planta deve ser transferida para um peitoril de janela quente.

Recomenda-se transplantar a flor para campo aberto no início de junho. Para fazer isso, você precisa fazer um orifício de 50 a 60 centímetros de profundidade. Deve-se ter em mente que após o transplante, a cultura requer rega abundante.

Reprodução

A reprodução da tigrídia pode ser feita com sementes ou bulbos. Cada um dos métodos possui certos recursos.

Coleta e armazenamento de sementes

O material de plantio pode ser comprado em uma loja especial ou preparado por você. Para fazer isso, você precisa retirar as sementes da caixa de sementes. No início da primavera, eles são plantados em um recipiente especial. Após 2 semanas, os brotos aparecerão. No início do verão, a tigrídia é transplantada para o solo.

Via vegetativa

Bulboso é considerado o método de criação mais comum. Esta é uma manipulação bastante simples. Para realizá-la, na primavera, os bulbos são divididos em vários fragmentos e plantados em solo aberto.

Como desenterrar e armazenar no inverno

A preparação da cultura para o inverno é de grande importância. A planta pode florescer até a geada, mas, neste caso, os bulbos não têm tempo de acumular nutrientes para a próxima temporada. Portanto, algumas semanas antes de a temperatura cair, os pedúnculos devem ser cortados. Quando as folhas murcham, os bulbos precisam ser desenterrados.

Vale a pena retirar apenas parte do solo para evitar danos ao crescimento da filha. Dentro de 1 mês após a escavação, os bulbos são secos em temperatura ambiente. Após 15-18 dias, eles se livram dos restos da terra, cortam completamente as raízes e restos de vegetação.

Os bulbos secos devem ser armazenados em local fresco e seco. Recomenda-se fazer isso em um recipiente com areia. Em condições de alta umidade, eles devem ser colocados em redes e pendurados.

Doenças e pragas

A planta freqüentemente encontra várias doenças e insetos nocivos. Para evitar problemas, vale a pena processar a flor na hora certa.

Podridão

Esta doença se manifesta na forma de manchas focais nas folhas e caules da cultura. Um mingau viscoso se acumula em cada local. Pode ser marrom, branco ou preto. O líquido bordalês ajudará a resolver o problema. Você também pode usar Cuproxat.

Ferrugem

A doença é acompanhada pelo aparecimento de formações arredondadas na flor. Eles vêm em uma variedade de tamanhos, mas sempre incluem um pó vermelho brilhante. Quando rachado, ele derrama. Para eliminar a doença, você precisa usar Polygard, Flutrivit ou medicamentos semelhantes.

Sarna

A doença é caracterizada por focos de infecção na superfície da cultura. Isso leva à esfoliação das camadas superiores das folhas. Neles aparecem manchas, úlceras e verrugas. Para a prevenção da doença de 2 a 4 vezes durante a temporada, vale a pena tratar com agentes como Fitosporin-M, Profit Gold ou medicamentos semelhantes.

Thrips

Pequenos pontos pretos na planta ajudam a identificar a praga. Com danos graves, os parasitas provocam o aparecimento de úlceras secas. Eles também levam à torção e morte da folhagem. Uma característica da infecção é considerada uma malha seca nas folhas. Abamectin, Fitoverm ajudam a lidar com tripes.

Lesmas

Eles comem folhas jovens e caules, o que provoca uma opressão geral da planta. Para identificar lesmas, você deve prestar atenção à marca branca na planta e no solo. Glanzit, Mesurol e preparações semelhantes ajudam a lidar com as pragas.

Colheres de repolho

As lagartas deste inseto comem botões, folhagens, vagens de sementes. A praga hiberna no solo. Portanto, antes de congelar, você deve cavar o solo. Como resultado, as pupas da colher ficarão na superfície da terra, o que os levará à morte.

Medvedki

Essas pragas infectam os bulbos e o sistema radicular da planta, o que leva ao seu murchamento. É possível detectar parasitas por pequenos montes e tocas no solo. Antes de plantar os bolbos, deve definitivamente tratá-los com Confidor, Aktara ou meios semelhantes.

Variedades populares

Tigridia possui cerca de 50 espécies. Eles diferem em altura, gama de cores dos botões, condições de crescimento.

Alba

Caules ramificados são característicos desta planta perene. Em altura, podem atingir 60-70 centímetros. As folhas são alongadas e de cor verde claro. Eles são cobertos com dobras longitudinais. A planta geralmente possui 5 pedúnculos. Cada um deles contém 4-5 botões. Eles florescem um por um. As flores são caracterizadas por uma forma em forma de tigela. O diâmetro é de 10-15 centímetros.

Áurea

Esta planta ornamental tem caules bastante fortes e retos. Em altura, medem 45-55 centímetros. A cultura não precisa ser amarrada. As inflorescências são em forma de tigela. As pétalas têm uma tonalidade amarela rica e um meio escarlate. O diâmetro é de 10 a 14 centímetros. As folhas são caracterizadas por uma tonalidade verde clara e uma forma alongada. A floração começa em julho.

Carminea

A flor tem um caule bastante forte com uma altura de 65 centímetros. As folhas têm uma tonalidade esverdeada e contêm nervuras longitudinais. Cada planta tem 3-4 pedúnculos que formam 4-5 inflorescências. As flores têm a forma de uma tigela. As pétalas são caracterizadas por uma rica tonalidade laranja. O meio é coberto por manchas amarelas. O diâmetro das flores é de 13 a 14 centímetros. A floração continua ao longo de julho e agosto.

Lilacea

Esta cultura é caracterizada por hastes retas de 50 a 60 centímetros de altura. As folhas são alongadas e nervuradas. Eles são caracterizados por uma tonalidade verde clara e uma forma pontiaguda. As inflorescências apresentam tonalidade viva. As pétalas são rosa pálido e manchas carmim podem ser vistas no meio. Na forma, as flores lembram uma tigela. Seu diâmetro é superior a 11 centímetros.

Rosalind

A planta atinge 40-50 centímetros de altura. As folhas são oblongas e nervuradas. A planta tem até 5 pedúnculos, que contêm 3-5 inflorescências. As pétalas têm um tom rosa claro. Eles atingem 12-14 centímetros de diâmetro. A flor tem a forma de uma tigela. A planta floresce de julho a agosto.

Canaryensis

A planta tem inflorescências suaves de cores pastéis. Ao mesmo tempo, o botão tem uma tonalidade vermelha intensa. Em tamanho, as inflorescências têm de 10 a 15 centímetros.

Speciosa

A flor é caracterizada por hastes retas que atingem 45 centímetros de altura. Cada planta possui 5 pedúnculos com 4-5 inflorescências. As pétalas têm uma tonalidade vermelha profunda. No meio, pontos vermelhos podem ser vistos contra um fundo amarelo. As flores têm o formato de uma tigela. Eles atingem 15 centímetros de diâmetro. A planta começa a florescer em julho.

Ferraria mista

A variedade mista Tigridia Ferrari é muito popular. A altura do mato chega a 60 centímetros. As folhas são xifóides. As flores têm 15 centímetros de comprimento. As pétalas externas são de cor uniforme. Pode ser amarelo, vermelho, branco. Existem flores lilás-rosa e laranja. Existem manchas nas pétalas internas.

Quais espécies são usadas para reprodução

Os criadores usam diferentes tipos de tigrídia - mexicana, com flores amarelas, rosa tubular. Celeriana também é muito popular. Possui inflorescências lilases. Tigre de pavão parece muito bonita.

Uso em paisagismo

Tigridia é freqüentemente usado em projetos paisagísticos, ao criar plantações em grupo. Ao plantar diferentes variedades de plantas em um local, é possível obter um canteiro variegado. É importante lembrar sobre o senso de proporção. Combinar uma planta com outras com flores variegadas não vale a pena.

Flores brilhantes em um fundo verde parecem muito bonitas. Ele é criado por plantas baixas e gramado. Arbustos e coníferas verdes funcionam bem. Uma vantagem da tigrídia é a capacidade de crescer em vasos ou potes.

Tigridia é uma planta espetacular que pode se tornar a verdadeira decoração de um canteiro de flores ou jardim. Para se obter uma flor forte e viável, ela precisa ser bem cuidada. Para isso, vale a pena considerar as principais recomendações de especialistas.


Assista o vídeo: Como plantar Alho, Passo a Passo, época de plantio e muito mais! (Outubro 2021).