Jardim

O tronco das palmeiras


Pergunta: o tronco das palmeiras


bom dia
Recentemente, mudei-me para a costa da Ligúria e no jardim tenho duas palmeiras das Canárias. A parte do tronco que chega do chão às primeiras folhas é de cerca de um metro e meio. Ao longo da altura, existem tocos truncados das folhas velhas que foram cortadas ao longo do tempo. Minha pergunta é se deve deixar tudo como está ou se, por razões de saúde da própria palma ou estética, o tronco deve ser limpo e, em caso afirmativo, em que estação?
Agradecendo, aguardo sua resposta bem-vinda.


Resposta: o tronco das palmas das mãos


Caro Mauro,
as palmeiras produzem novas folhas apenas no centro do topete, no ápice; quando a planta produz novas folhas, na parte inferior da folhagem algumas folhas começam a secar, para deixar espaço para os recém-chegados, que estão crescendo mais alto; É um processo natural e, em poucas semanas, as folhas se dissecam e se partem completamente, deixando tocos ou menos, dependendo do caso. Em muitas áreas em que as palmeiras são usadas em parques e jardins, em vez de deixarem os tocos das folhas, que se quebram e se rompem progressivamente, elas se igualam, cortando-as o mais perto possível do caule, de modo a dar à planta uma aparência mais suave. harmoniosa. Os motivos que levam a esse tipo de poda são puramente estéticos, também porque a planta, antes que as folhas secas caiam completamente, tende a reabsorver os nutrientes reutilizáveis; além disso, a camada formada pelos tocos das folhas caídas atua como abrigo contra o ataque de insetos, de vários parasitas e também do frio ou do mau tempo (mesmo do vento do mar que recebem diariamente). Portanto, se é única e exclusivamente para a saúde das plantas, os tocos devem ser deixados onde estão, como acontece na natureza: quando não são mais necessários ou se quebram devido a fatores externos, eles caem. Mas, de fato, se a palma da mão estiver podada há anos, talvez se você não a fizer mais, ela poderá parecer feia inicialmente; considere que em muitas áreas as palmas das mãos são podadas, dando-lhes formas particulares, como a chamada margarida, que envolve a poda das folhas inferiores da folhagem, quando elas começam a ficar amarelas, para deixar tocos longos e afiados, corola de margherita; ou a forma de abacaxi, tecnicamente conhecida como balota, para que uma boa quantidade de folhas abaixo da folhagem seja cortada, deixando uma bela parte do pecíolo que as mantém presas à árvore, para formar uma estrutura em forma de enorme abacaxi. Esses tipos de poda têm um objetivo ornamental simples, mesmo que algumas vezes as folhas se amolecem e se mantenham, permanecendo aderidas e, portanto, possam ser perigosas devido a quedas repentinas. A dessecação dos galhos frondosos é geralmente realizada na primavera e considera que, geralmente, a remoção das folhas baixas, ainda verdes, acelera o desenvolvimento da altura das palmeiras, e geralmente é realizada para esse fim.

Vídeo: ARRANCANDO ÁRVORES - PALMEIRAS IMPERIAIS - Ribeirão Preto- Sp (Novembro 2020).