Além disso

Propriedades úteis e medicinais das sementes de endro, possíveis contra-indicações para a saúde do corpo humano


Muitos horticultores se dedicam ao cultivo de endro e outras ervas em seus terrenos. Dill difere de outras plantas no cuidado despretensioso e versatilidade de seu uso. É usado não só na criação de deliciosos pratos de vegetais, mas também na medicina. No entanto, antes de usar este verde para tratamento, você deve se familiarizar com as propriedades benéficas do endro.

Composição química, valor nutricional e energético do endro

Antes de plantar endro em sua casa de verão, é recomendável que você se familiarize com mais detalhes com sua composição química. A planta contém muitos oligoelementos, entre os quais a maioria são vitaminas. Os verdes são ricos em vitamina C, que está contida em cada arbusto na quantidade de 150 mg. Os galhos maduros também contêm cerca de 5 mg de vitamina E e beta-bloqueadores. Na composição das verduras existem outras vitaminas, porém, sua quantidade não ultrapassa 1-2 mg.

A planta contém muitos macro e microelementos. Raminhos de folhagens são ricos em cálcio e potássio. Eles também contêm muito sódio com magnésio e fósforo. Além disso, durante o processo de amadurecimento, muito cobre, zinco e ferro se acumulam neles. Devido à sua rica composição, o endro é frequentemente usado na medicina popular para o tratamento de doenças crônicas.

As vantagens dos arbustos de endro incluem seu baixo teor calórico, que é de 50 Kcal por 100 gramas de planta. Devido ao seu baixo teor calórico, muitos nutricionistas recomendam adicionar endro à sua dieta diária para ajudá-lo a perder peso.

Os benefícios e malefícios do endro para o corpo humano

Endro perfumado tem muitas propriedades úteis com as quais todo produtor de vegetais deve se familiarizar. Consumo regular de verduras:

  • Normaliza o funcionamento dos órgãos responsáveis ​​pelo funcionamento do trato gastrointestinal. A planta limpa os intestinos, interrompe a diarréia e ajuda com o inchaço.
  • Fortalece o sistema cardiovascular. Os ramos de endro reduzem a pressão arterial elevada e melhoram a circulação sanguínea. Na pressão arterial baixa, as verduras são prejudiciais e, portanto, não podem ser consumidas por pacientes hipotensos.
  • Tem um efeito positivo no sistema nervoso. As tinturas de endro são frequentemente utilizadas para tratar problemas de sono e aumento da ansiedade.
  • Elimina os sintomas de resfriados. Remédios feitos de ervas aceleram a excreção de catarro na bronquite.

Todas as propriedades acima estão entre as propriedades benéficas mais comuns da planta. Além deles, existem benefícios separados para homens, mulheres e crianças.

Para homens

Este verde é considerado um bom afrodisíaco e, portanto, é frequentemente usado por homens para melhorar seu desejo sexual. A infusão de endro é útil para problemas de potência e ereção fraca. Além disso, melhora a circulação sanguínea e o fluxo sanguíneo para o órgão genital, aumentando assim a ereção.

Para mulheres

A rica composição de endro torna-o útil para o corpo feminino. O consumo regular de verduras melhora o bem-estar durante a menstruação e normaliza o ciclo menstrual. Alguns médicos aconselham as meninas grávidas a comerem mais endro. Isso ajudará a eliminar rapidamente o inchaço, estabilizar o equilíbrio da água e melhorar a permeabilidade intestinal.

Para crianças

Os especialistas aconselham o uso de caldos de endro para curar as cólicas dos bebês e aumentar o apetite. Além disso, compressas medicinais são feitas da planta, que ajudam a eliminar os sintomas de um resfriado.

Crianças menores de um ano não devem ser tratadas com endro, pois isso pode afetar negativamente sua saúde.

O uso das propriedades medicinais do endro

As propriedades curativas do endro permitem seu uso ativo na medicina, culinária e dietética. Recomenda-se que você se familiarize com as peculiaridades do uso desta hortaliça em cada uma das indústrias listadas com antecedência.

Na medicina popular

O endro é frequentemente usado na medicina popular para tratar várias doenças e restaurar a saúde. Para fins medicinais, utilizam os rizomas dos arbustos, a partir dos quais são preparadas as infusões medicinais. Eles são usados ​​para:

  • tratamento de sintomas de hipertensão;
  • melhorar a lactação em mulheres grávidas;
  • tratamento de arritmia;
  • eliminação de processos inflamatórios nos gânglios linfáticos.

Também na medicina popular, são usados ​​ramos de endro. Na maioria das vezes, eles são usados ​​para parar estes tipos de sangramento:

  • dental;
  • nasal;
  • pulmonar;
  • intestinal;
  • menstrual.

Na cozinha

Na maioria das vezes, os arbustos de endro são cultivados para que possam ser usados ​​na culinária. O endro fresco é adicionado a saladas de vegetais e pratos de carne feitos de peixe ou carne. Ele também é usado para fazer conservas e molhos. Galhos secos são adicionados ao caviar de abóbora, borscht e vegetais enlatados. Algumas donas de casa usam ervas para fazer seu próprio vinagre caseiro ou óleo vegetal.

Ao perder peso

O endro é usado em dietética, pois ajuda a se livrar dos quilos extras. A planta tem várias propriedades benéficas que são importantes para a perda de peso:

  • remoção do excesso de fluido do corpo;
  • decomposição de gorduras;
  • ativação do trato digestivo;
  • aceleração da digestão dos alimentos.

Ao perder peso, é recomendável adicionar mais frequentemente ramos de endro aos pratos e preparar decocções especiais a partir das sementes.

A composição química das sementes de endro

A planta é muito rica em oligoelementos úteis, vitaminas e outras substâncias ativas. Suas várias partes contêm mais de cem elementos úteis. O rizoma, os galhos verdes e a semente contêm muito óleo essencial, o que confere à planta um aroma especial. A quantidade máxima de óleos essenciais é encontrada nas sementes - cerca de 4-5%.

As sementes de endro se distinguem pelas propriedades medicinais, que surgiram devido aos componentes da composição. Por exemplo, eles contêm um elemento como apiol. Esta substância é conhecida como antiespasmódicos, que ajudam a lidar com a dor espástica.

Além disso, as sementes contêm os seguintes oligoelementos:

  • Carvon. Acima de tudo, as verduras contêm carvona, que pertence a componentes naturais. É ele quem dá às sementes de endro um aroma pronunciado.
  • Limonene. Este componente é conhecido como hidrocarbonetos terpênicos, que são freqüentemente usados ​​em cosmetologia. A substância é usada para criar detergentes para louças, cosméticos e até remédios.
  • Fellandren. Um oligoelemento refere-se a monoterpenos, que são extraídos de óleos essenciais para a criação de produtos cosméticos e medicamentos.

As propriedades curativas das sementes de endro

Algumas pessoas usam sementes de endro para fins medicinais, pois contêm oligoelementos úteis. Antes de usar essas sementes, é melhor se familiarizar com antecedência com suas propriedades medicinais.

Os benefícios e malefícios das sementes de endro

As sementes verdes são usadas para ativar o sistema nervoso central para se livrar da sensação de fadiga e estresse. Além disso, medicamentos feitos de frutas endro podem curar a insônia e se livrar da depressão. Alguns médicos recomendam o uso de decocção de sementes para eliminar os sintomas da gastrite e aumentar o apetite.

Porém, apesar de todos os benefícios do endro, ele deve ser usado com muito cuidado no tratamento de doenças, observando a dose ideal. O uso impróprio de medicamentos fitoterápicos leva a uma queda acentuada da pressão arterial, o que é muito perigoso para pessoas com hipotensão. Por causa disso, alguns deles desenvolvem fraqueza e desmaios.

De onde são tiradas as sementes de endro?

Medicamentos e decocções de sementes de endro são frequentemente usados ​​para tratar:

  • angina pectoris;
  • tontura;
  • neuroses;
  • alta pressão;
  • depressão;
  • cistite;
  • gastrite;
  • aterosclerose.

Como fazer sementes de endro?

As sementes de endro são utilizadas na preparação de medicamentos na forma de infusões e decocções. Para preparar grãos, você precisa adicionar 80 gramas de grãos a 450 mililitros de água. Em seguida, o recipiente com o líquido é colocado no fogão a gás, e o caldo é levado para ferver. Água fervida com sementes deve ser infundida por pelo menos uma hora, após a qual a mistura é filtrada.

O produto preparado pode ser usado para tratar hipertensão, cistite e prisão de ventre.

Contra-indicações

Antes de usar o endro, é imprescindível que se familiarize com as suas contra-indicações. Pessoas com alta sensibilidade aos óleos essenciais terão que desistir do uso de endro em qualquer forma. Além disso, você não pode comer muitas verduras para quem sofre de alergias, pois isso pode exacerbar os sintomas de alergia.

Além disso, os médicos não aconselham os pacientes hipotensos a comerem ramos de endro para prevenir complicações da doença.

Conclusão

O endro é cultivado por muitos jardineiros que gostam de plantar vegetais em seus jardins. Antes de usar as ervas cultivadas na culinária ou para fins medicinais, você precisa se familiarizar com sua composição e recursos de aplicação.


Assista o vídeo: Benefícios da Noz Moscada - Chá de Noz Moscada - Chá para Insônia (Junho 2021).