Frutas e Legumes

Trabalhe no jardim em agosto


Irrigação


As temperaturas são altas, dias longos e chuvas escassas. Se queremos preservar o trabalho realizado até agora, é necessário irrigar com freqüência, mesmo todos os dias, para as culturas mais sensíveis. Em particular, nunca deixamos abobrinhas, pimentões, beringelas e aipo sem água. Distribuímos pela manhã ou à noite, mas sempre esperando o solo esfriar: evitaremos evaporação, patógenos e danos por choque térmico. Alguns vegetais, no entanto, se beneficiam da suspensão, principalmente quando a fruta atinge um bom tamanho e começa a amadurecer. Entre eles, podemos citar melão, melancia, abóbora e alguns tipos de tomate: o excesso de água interfere no acúmulo de açúcares e, portanto, na intensidade final do sabor.

Manutenção



É claro que sempre devemos lidar com as ervas daninhas, eliminando-as manualmente ou com uma enxada delicada. A cobertura vegetal pode nos ajudar a reduzir intervenções e manter as raízes hortícolas frescas. Ao mesmo tempo, verificamos a estabilidade dos suportes: a abundância de frutas, talvez pesadas, pode colocá-las à prova, especialmente durante as violentas tempestades de verão.
Continuamos a aparar as plantas que atingiram a altura final. A mesma operação, em melões, abóboras, pepinos e melancias favorece a produção de caules secundários e terciários e flores femininas. Prosseguimos com o branqueamento de aipo, alho-poró e saladas.
Tomates, pimentões e beringelas amadurecem melhor se bem expostos ao sol: para favorecer o processo, eliminamos as folhas que as cobrem. Nas regiões sul, no entanto, muito calor pode causar queimaduras: nesse caso, recorremos a folhas especiais de sombreamento.

Sementeira e transplante



Precisamos semear e plantar vegetais que nos permitam ter boas colheitas até o final do outono. A semeadura, a ser realizada ao ar livre, é uma prerrogativa das pessoas que não saem de casa: para obter uma boa germinação, é importante manter o solo úmido. Chicória catalã, cebola branca, Verona radicchio, erva-doce, alface, salsa, rabanete, foguete, espinafre, repolho, cenoura, couve-flor e brócolis são excelentes opções. Como alternativa, podemos apostar nas plantas já prontas, mas escolhendo apenas as que têm pão de barro: é importante segui-las com irrigação pelo menos nos primeiros dez dias. As melhores opções são: alho-poró, erva-doce, brassicas, cebolas, saladas, abobrinhas, beterrabas.
Antes de prosseguir, restauramos a fertilidade do solo com um melhorador de solo bem temperado e um fertilizante vegetal.

Trabalhe no jardim em agosto: o jardim se formos de férias



Muitos de nós se mudam de casa algumas semanas este mês. Infelizmente, esta é a época mais quente e seca do ano. Aqui estão algumas dicas para reduzir o dano o máximo possível.
Antes de tudo, preparamos uma irrigação automática cronometrada: basta ter tubos perfurados e uma unidade de controle (hoje existem tubos muito simples e baratos). Também colocamos uma cobertura vegetal espessa ao pé das plantas (o ideal é usar as folhas da grama).
Se possível, atribuímos a alguns conhecidos a colheita dos vegetais que perecem mais rápido ou que, crescendo demais, enfraqueceriam a planta: saladas, abobrinhas, manjericão, pepino. Se isso não for possível, coletamos tudo o que está maduro (ou quase) e também removemos os frutos menores.