+
Jardinagem

Trabalhe no jardim em maio


Maio: Trabalho no jardim


O mês de maio é cheio de grandes satisfações: teremos as grandes flores anuais e perenes herbáceas em vasos, canteiros e bordas. Depois, haverá a explosão de rosas, coloridas e perfumadas.
Nesse período, no entanto, é necessário ter constância nos trabalhos de manutenção, na limpeza do solo e das plantas. Devemos monitorar a propagação de ervas daninhas e observar o mais rápido possível os ataques de fungos e parasitas.

Sementeira e estacas



O clima nos permite dedicar a semear as essências mais delicadas. Podemos decidir continuar em bandejas alveolares em estufas frias, monitorando as temperaturas e o arejamento com frequência (principalmente à tarde). Mesmo semear em casa é viável, desde que você irrigue de maneira leve e frequente. Após a germinação, é importante fornecer ar e luz, além de proteger as mudas jovens do ataque dos gastrópodes.
Também podemos nos dedicar a estacas herbáceas: por exemplo, são obtidos excelentes resultados com os novos jatos de arbustos aromáticos, como lavanda, alecrim, helichrysum e salgados. Pegue uma porção de cerca de 10 cm de comprimento e coloque-a em uma mistura de areia, perlita e turfa. Cobrimos com um saco plástico, colocamos na sombra e sempre o mantemos úmido. O enraizamento ocorre em um mês.

Plantas herbáceas anuais e perenes



Tratar canteiros e bordas para que estejam sempre arrumados e floridos significa um compromisso quase diário. Antes de tudo, o solo deve sempre ser mantido livre de ervas daninhas e ser removido ou capinar com freqüência. Nas avenidas, pátios e calçadas largas, você também pode intervir com dessecantes ou herbicidas.
Limpamos regularmente as cabeças de flores murchas e, se já completamente secas, eliminamos as folhas das plantas bulbosas da primavera. Para todas as amostras que chegaram ao final da floração, é muito útil administrar um fertilizante rico em fósforo.
Ainda podemos plantar os geófitos que florescem no final do verão e no outono e preencher todos os buracos com plantas anuais ou perenes: nos viveiros dessa época, há uma grande variedade de mudas jovens.

Rosas, trepadeiras e arbustos em geral



Também neste caso, é necessária uma limpeza constante: eliminar as corolas murchas dará uma aparência mais ordenada e estimulará a emissão de novos jatos nas amostras que florescem novamente.
Também é importante estar ciente dos ataques de insetos o mais rápido possível: certamente aparecerão pulgões que, além de enfraquecer os arbustos, podem ser um veículo de virose ou bacteriose. Vamos combatê-los com inseticidas (piretrinas ou piretróides) para pulverizar de manhã ou à noite, para não comprometer sua eficácia. Também podemos usar sabões macerados ou especiais, uma solução ainda mais ecológica, mas lembrando de realizar tratamentos com muita frequência.
A prevenção de criptogramas é muito importante: a cada 15 dias, a cada duas semanas, borrifamos enxofre e cobre, repetindo em caso de chuva.

Trabalho no jardim em maio: vasos e irrigação



Nesse período, podemos trazer até as plantas mais delicadas para fora, acostumando-as gradualmente.
Em geral, as plantas perenes e as flores anuais devem ser limpas e bicadas regularmente e se beneficiar muito do uso de fertilizantes granulares ou fertilizantes líquidos semanais. Os fertilizantes para flores devem ter uma alta titulação em fósforo e potássio. Para os outros, preferimos uma formulação equilibrada.
É muito importante saber como ajustar com a irrigação, em canteiros, mas principalmente em vasos. Irrigamos apenas quando o solo está seco em profundidade e sempre evitamos usar o pires. Dessa maneira, evitaremos o surgimento de apodrecimento radical, difícil de conter. É sempre preferível esperar até que a planta pareça um pouco desidratada, em vez de exceder com antecedência.