Jardim

Ervilha doce


Rega


A ervilha-doce é uma planta muito popular nos jardins europeus, especialmente nas áreas frescas do norte central. Na Itália, existem muitos jardineiros que tentam cultivar a mão, mas nem todos são capazes de obter grandes conjuntos de flores perfumadas. O principal segredo para obter ervilhas exuberantes e com sabor de broto está na rega. Estas são plantas anuais, cujo cultivo começa na primavera; a partir do momento em que as plantas iniciam seu desenvolvimento, em março-abril, é necessário manter o solo sempre fresco e úmido, regando com grande regularidade. Um solo que seca pode levar ao rápido murchamento da planta; portanto, a rega deve ser intensificada à medida que o verão se aproxima. Durante os meses quentes, a ervilha deverá ser regada diariamente, para evitar que o calor estrague as flores e as folhas.

Cultivo



A ervilha-doce é uma planta que é difícil o suficiente para crescer com sucesso, especialmente em regiões onde o verão é muito quente. Para ter uma planta luxuriante, que produz inúmeras flores, é aconselhável plantar a Ervilha Doce diretamente no solo, em um solo fresco e bastante drenado, rico em matéria orgânica. Também pode ser cultivada em vasos, mas é aconselhável o uso de recipientes grandes, uma vez que o odor da ervilha tem um hábito de subir. Se você quiser, pode optar por colocar as plantas em cestas suspensas, usando-as para criar cascatas de flores. Não são plantas fáceis, porque o calor escaldante pode arruiná-las em pouco tempo: as melhores curas devem ser oferecidas durante o verão ou o final da primavera. Se você mora em uma área com clima frio, como nas montanhas altas, a ervilha será menos complexa de cultivar.

Fertilização



As variedades de ervilha, cujo nome botânico é Lathyrus odoratus, estão disponíveis hoje em dia; para obter as flores grandes, dispostas em cachos, é necessário cultivar as plantas em um solo rico em sais minerais, para que a planta possa atraí-las à vontade. Antes de tudo, é melhor semear a ervilha em um solo fresco, enriquecido com húmus ou estrume. Após o desenvolvimento das plantas, é aconselhável iniciar as fertilizações periódicas, a serem realizadas uma vez por semana, utilizando metade da dose de fertilizante recomendada na embalagem. É usado um fertilizante para plantas com flores, particularmente rico em potássio; É bom verificar que a formulação do fertilizante também inclua alguns elementos fundamentais para o desenvolvimento das plantas, como por exemplo ferro, boro, zinco e magnésio.

Ervilha doce: Pragas e doenças



O principal problema que a ervilha cheira nos jardins italianos é o calor do verão. Embora seja uma planta que, em condições climáticas ideais, se desenvolva em pleno sol, em áreas com verões muito quentes, é aconselhável colocar o Lathyrus odoratus à meia-sombra. No entanto, ele deve receber pelo menos algumas horas de luz solar direta por dia, possivelmente no período mais frio do dia. O excesso de calor realmente atrasa o desenvolvimento de novos brotos e folhas, tornando o cultivo insatisfatório. Durante os meses de primavera, os pulgões se desenvolvem extensivamente nas ervilhas doces, arruinando os brotos e os brotos jovens. É bom estar vigilante, para erradicá-las prontamente, assim que aparecerem, usando um bom inseticida. Se cultivadas e sombreadas, as ervilhas perfumadas também podem ser atacadas pelo oídio, que se desenvolve sobretudo no caso em que, durante a rega, as folhas também são amplamente molhadas. Esta doença fúngica é eliminada com fungicidas especiais.