Jardim

Leylandii


Irrigação


O Leylandii precisa de um suprimento constante de água, tanto quanto possível. Não é necessário exagerar na quantidade, mas é importante tentar não criar oscilações perigosas de água ou poças. a principal razão para esse tipo de necessidade é que o Leylandii possui um sistema radicular bastante pequeno e, para obter a água necessária, deve sempre ter um solo levemente úmido. Dependendo da área de cultivo, nos regularemos sobretudo com precipitações atmosféricas sazonais que em alguns períodos podem ser suficientes. Se, por outro lado, as chuvas forem adiadas por mais de uma semana, deverá ser fornecido apoio. O melhor tipo de sistema de irrigação a ser utilizado é o sistema de irrigação por gotejamento, que garante a irrigação na base da planta, preservando a parte aérea. As melhores horas para essas operações são após o pôr do sol ou de manhã cedo.

Como cuidar disso



O Leylandii é uma planta que provém de um cruzamento de duas espécies e pertence a todos os efeitos na mesma família do cipreste. Por isso, cresce e se desenvolve exatamente como uma árvore grande, que pode chegar a 30m de altura. O principal defeito dessa hibridação é que as raízes não desempenham o papel de apoio no caso de ventos fortes ou mau tempo. Portanto, recomenda-se realizar podas sazonais repetidas, mantendo a folhagem em ordem e tentando dar uma forma geométrica, além de limitar seu desenvolvimento ascendente natural. As podas mínimas são de duas por ano: uma na primavera e outra no outono. Obviamente, também podemos intervir várias vezes, já que os Leylandii crescem de 1 a 2 milhões por ano.

Solo e fertilização



Leylandii precisa de solo solto e leve para crescer e se desenvolver. Podemos optar por substituir uma cobertura existente ou criar um perímetro de jardim a partir do zero. Neste caso, prepararemos o solo com uma enxada e uma escavação. Não há necessidade de ir muito fundo porque as raízes não se propagam muito, mas é essencial cuidar do substrato de qualquer maneira. Teremos que obter uma planta sem solo para a planta e, se necessário, poderemos adicionar um solo universal comum. Depois de trabalhar vigorosamente o solo, podemos fertilizar com fertilizante granular específico ou com adubo maduro, adicionando composto caseiro bem decomposto. Vamos então cobrir com o ancinho e permitir que os nutrientes sejam absorvidos completamente. Periodicamente, podemos adicionar um pouco de fertilizante à base, sem exagerar na quantidade, para não causar danos à planta.

Leylandii: clima e adversidade



Os Leylandii, embora não sejam uma planta nativa da nossa região, podem crescer bem em todas as latitudes da Itália, tanto nas planícies quanto nas altitudes das colinas e além. De fato, ele não teme os invernos rigorosos e pode sobreviver mesmo na neve, desde que tentemos dar à folhagem uma forma geométrica capaz de diminuir o excesso de peso. A exposição pode ocorrer em um local ensolarado e seco, mas também onde a radiação direta do sol chega apenas por algumas horas do dia. A principal doença que pode atacar Leylandii é o seridium cardinale, um fungo perigoso. Se você notar uma cor avermelhada anormal dos galhos, diferente dos galhos que secam naturalmente, é apropriado recorrer imediatamente a um produto antifúngico específico, facilmente disponível em lojas de jardinagem. O amarelecimento das folhas e outros tipos de mofo, por outro lado, pode ser causado simplesmente por um suprimento de água incorreto.