+

Rega


O magnífico arbusto tem origem apenas no continente africano e está incluído no vasto e polimórfico agrupamento familiar de Asclepiadaceae. Esta sempre-verde é muito apreciada por sua brilhante folhagem ovóide e pelas características imaculadas das inflorescências, frequentemente usadas para a realização de encantadores buquês cerimoniais. Ele deve estar constantemente e adequadamente molhado durante a temporada de primavera e verão, mesmo várias vezes por semana, enquanto a rega será significativamente limitada nos períodos restantes do ano, sem nunca interrompê-los por completo. Será apropriado nunca causar embebição e estagnação na pulverização periódica do ornamental Stephanotis, pois eles são potencialmente prejudiciais ao sistema radicular e uma fonte de possíveis doenças fúngicas.

Cuidado e cultura



O gracioso Stephanotis pode ser colocado em jardins paisagísticos e espaços verdes, ou alternativamente, colocado em um contêiner dentro de residências e escritórios. De qualquer forma, você deverá preparar uma terra macia e pouco coesa, basicamente ácida e cheia de substâncias orgânicas, às quais serão adicionados materiais arenosos e cascalho capazes de garantir a drenagem eficaz e contínua. Periodicamente, as sempre-vivas serão sujeitas a poda, consistindo tanto na modelagem do escorço das ramificações quanto na eliminação de todas as peças agora velhas e murchas. As operações de repotting, por outro lado, serão realizadas com frequência anual, sempre utilizando contêineres maiores que podem acomodar o sistema radicular e apoiar o desenvolvimento mais do que adequado da planta.

Fertilização



Onde quer que encontre sua acomodação, o elegante arbusto deve ser fertilizado adequadamente, com o objetivo de levar os nutrientes necessários e indispensáveis. A fertilização será concentrada durante a primavera e o verão, com doses médias duas vezes por semana, e convenientemente suspensa durante a estação de aparelhamento. É aconselhável o uso de fertilizantes orgânicos de natureza líquida, diluídos na água de pulverização, enquanto aqueles de natureza sólida, caracterizados pela venda gradual e prolongada, são menos comuns para o tipo de planta. O fertilizante escolhido deve ser específico para Stephanotis e incluir uma ligeira predominância do componente de potássio em detrimento dos demais macrocomponentes nitrogenados e de fósforo, além da presença de microelementos úteis e preciosos.

Stephanotis: Exposição e patologias



A planta sempre-verde adora um habitat arejado e iluminado, mesmo sem exposição direta à radiação solar, mas se adapta perfeitamente a um ambiente parcialmente sombrio, desde que não seja afetada por súbitas correntes de ar. Prefere condições climáticas amenas e deve ser convenientemente protegido se a temperatura cair abaixo de 10 ° C. Por fim, se cultivadas adequadamente, os Stephanotis ornamentais, fortes e de considerável vigor, raramente serão ameaçados por mofo e apodrecimento; no entanto, poderão receber armadilhas de alguns insetos perigosos, como pulgões e ácaros vermelhos. Nesta última circunstância, será necessário reagir rapidamente, utilizando produtos e dispositivos naturais ou, nos casos mais graves, pesticidas adequados e específicos.