+
Jardim

Paulownia


Como regar


Quanto à irrigação da paulownia, é necessário prosseguir apenas nas plantas bastante jovens e é importante realizar o umedecimento com certa moderação. A planta, de fato, suporta bem períodos de seca curta e irrigação excessiva, apenas levaria à formação de estagnação da água e à submersão e asfixia das raízes. A estagnação da água é a principal causa de podridão das raízes, que leva rapidamente à morte da paulownia. Quanto aos espécimes de paulownia mais adultos, por outro lado, os banhos podem ser bastante diminuídos ou quase completamente interrompidos. Plantas maiores são capazes de se contentar apenas com a água da chuva para sobreviver. Em relação ao tipo de água a ser utilizada durante a rega, o paulownia parece não ter nenhuma necessidade particular.

Como curar



A paulownia prefere a exposição em áreas particularmente ensolaradas, mesmo que seja capaz de se adaptar se for colocada em locais semi-sombreados. É uma planta bastante resistente a diferentes condições climáticas, suporta tanto o frio quanto o calor abrasador. Sua multiplicação pode ocorrer por diferentes métodos, como: estratificação, semente ou corte. Se a estratificação for usada, a filha paulownia obtida será um bonsai. Em vez disso, no que diz respeito à reprodução por corte, é necessário esperar um ano antes de plantar o ramo removido da planta mãe. Em relação à multiplicação de sementes, por outro lado, o truque a adotar é o plantio dessas sementes em áreas bastante ensolaradas. A nova paulownia tenderá a não crescer adequadamente se as sementes forem espalhadas em uma área semi-sombreada.

Como fertilizar



Quanto à fertilização da paulownia, é possível proceder de duas maneiras diferentes. Para fertilizar, basta usar as folhas que a planta perdeu durante o outono ou é possível usar um fertilizante específico que será aplicado no período entre o final do inverno e o início da primavera. O fertilizante recomendado deve conter doses iguais das três substâncias químicas fundamentais: nitrogênio, fósforo e potássio. O solo ideal para a paulownia deve ter um pH em torno de 5,5 e 8. O solo pode ser adicionado com substâncias que ajudam fortemente a drenagem, como areia ou seixos pequenos. É importante trabalhar o solo em profundidade para permitir que as raízes se adaptem adequadamente.

Paulonia: Doenças



A paulownia não é uma planta que é facilmente atacada por insetos e parasitas. Pelo contrário, no entanto, a planta parece ser facilmente atacada por fungos. Entre os espécimes que infestam principalmente a paulownia, encontramos o cogumelo Phyllosticta paulowniae, a Phyllactinia guttana e a Uncinula clintonii. O principal sinal de infestação é encontrado nas folhas que perdem vigor imediatamente e tendem a ficar amarelas. O tratamento mais eficaz é o uso de fungicidas especiais. Se, por outro lado, foram observadas manchas necróticas nas folhas, a paulownia foi atingida por Metcalfa pruinosa. O remédio mais rápido é cortar as folhas infectadas para impedir que a infestação se espalhe ainda mais. Se for excedido com o umedecimento, é possível causar uma submersão das raízes e a conseqüente podridão das raízes.