Jardim

Cotoneaster


Quando e quanto irrigar


As plantas pertencentes ao gênero Cotoneaster podem ser sempre verdes ou decíduas. A irrigação é um aspecto muito importante, especialmente para espécimes jovens. De fato, após o plantio, é essencial garantir sempre um abastecimento regular de água. Na primavera e durante o verão, as plantas de Cotoneaster temem flutuações de temperatura e calor extremo, por isso é recomendável administrar a água com uma certa frequência. O ideal é regar sempre que a parte superior do substrato estiver seca ao toque. As plantas adultas desse gênero tornam-se cada vez mais autônomas com o passar do tempo e não precisam de irrigações periódicas de outono e inverno. No entanto, é útil durante longos períodos secos, para regar abundantemente as plantas de Cotoneaster.

Como cuidar disso



O gênero Cotoneaster inclui várias espécies e variedades resistentes e resistentes. Essas amostras requerem atenção ao cultivo somente durante o primeiro ano de idade e, se mantidas em condições ideais, podem crescer e se desenvolver de uma maneira luxuriante. Eles se adaptam a diferentes tipos de solo, calcário e argiloso, mas preferem substratos muito bem drenados, macios e férteis médios. As plantas de Cotoneaster não gostam de ser decantadas com freqüência e é aconselhável escolher um compartimento de contêiner bastante amplo e espaçoso, se não puderem ser cultivadas em terreno plano. O melhor momento para realizar a operação é no outono, antes do descanso vegetativo sazonal. Como alternativa, é possível fazer o repot com a chegada da primavera, de preferência em março.

Quando e como fertilizar



Para reforçar e fazer florescer as plantas de Cotoneaster, é aconselhável administrar fertilizações periodicamente. De fato, o momento mais adequado para começar é com a chegada da primavera. O uso de um bom fertilizante líquido orgânico, a ser distribuído aproximadamente a cada duas semanas, garante a essas plantas todos os elementos nutricionais necessários ao desenvolvimento e à emissão das folhas. Os tratamentos continuam ciclicamente até os meses de outono chegarem. Alternativamente, é possível optar por um fertilizante granular de liberação lenta, para ser misturado diretamente com o solo. Nesse caso, a administração ocorre apenas duas vezes por ano, no início da primavera e no outono. Para usar produtos específicos, é sempre aconselhável entrar em contato com pessoal autorizado.

Cotoneaster: exposição, doenças e possíveis soluções



Os arbustos sempre verdes ou decíduos de Cotoneaster preferem as exposições ensolaradas e brilhantes. Eles também podem crescer em sombra parcial, mas se horas de luz suficientes não forem garantidas, seu crescimento e produção floral serão afetados. Entre as patologias que mais temem, está o chamado golpe de fogo bacteriano, causado por Erwinia amylovora. Infelizmente, não existem soluções eficazes e o único método para evitar o aparecimento desta doença é monitorar efetivamente as amostras individuais. Além disso, as plantas de Cotoneaster podem sofrer ataques de pulgões e cochonilhas no verão. Se as infestações forem leves, é possível intervir com sabão neutro, eliminando manualmente os insetos usando uma almofada de algodão. Como alternativa, é útil usar inseticidas específicos.