Como regar


Para proceder corretamente à umedecimento do sarcococo, é bom garantir que o solo tenha secado completamente da irrigação anterior. Esta planta absolutamente não tolera excesso de água e, se prosseguirmos com irrigação excessiva, correremos o risco de criar estagnação da água. Essas estagnações causam asfixia das raízes e a conseqüente podridão radicular, que também pode levar à morte da própria planta. Certamente, a frequência da rega tenderá a variar dependendo da estação. O umedecimento será mais frequente no verão do que no inverno. Uma vez respeitada esta condição fundamental, o Sarcococca sem outras necessidades especiais. Não é necessário fornecer à planta qualquer água em particular durante o processo de umedecimento.

Como curá-lo



o Sarcococca É uma planta bastante resistente e capaz de se adaptar a diferentes ambientes. Quanto à correta exposição do sarcococo, é bom colocar a planta em um local sombreado ou semi-sombreado. A planta não tem medo do frio e pode sobreviver mesmo em áreas com um clima bastante quente. A multiplicação do sarcococo pode ocorrer por sementes, por corte semi-lenhoso ou pela divisão dos ventosas, e é aconselhável proceder no outono. A poda pode ser feita em março ou outubro. É necessário cortar completamente os galhos secos e encurtar os muito longos em cerca de um terço. É bom tentar repotear a planta todos os anos. Continue virando o vaso de cabeça para baixo e removendo a planta. Se necessário, aplique uma leve pressão com as mãos.

Como fertilizar



A fertilização com sarcococos deve ocorrer duas vezes por ano, no outono e na primavera. É bom usar um fertilizante orgânico de liberação lenta ou estrume maduro, para garantir um bom crescimento vegetativo e uma boa floração. Recomenda-se sempre usar fertilizantes naturais que tendem a ser mais compatíveis com as necessidades da planta. A fertilização deve ser interrompida durante o período de descanso vegetativo dos sarcococos. Quanto ao solo, a planta precisa de um substrato fresco, macio e rico em substâncias orgânicas. Além disso, para evitar o máximo possível o problema de estagnação da água, recomenda-se fornecer ao sarcococo um solo bem drenante que possa ajudar a planta a absorver água corretamente.

Sarcococca: Doenças e remédios



O sarcococo não parece ser facilmente atacado por pragas ou insetos. O único parasita que ataca facilmente a planta é o cochonilha. Para verificar sua possível presença, é bom prosseguir verificando a página inferior das folhas: se a cochonilha estiver presente, será possível notar manchas brancas. Para erradicar esse parasita, é possível usar toalhetes de álcool que são esfregados nas partes infectadas para remover o parasita. Outro possível problema de sarcococo pode ser a podridão das raízes. É necessário prestar atenção ao substrato antes de prosseguir com o umedecimento, pois a asfixia das raízes pode levar à morte da planta. O sarcococo parece ser bastante resistente mesmo ao ataque de espécies fúngicas.