Frutas e Legumes

Ameixa, oliveira


Utilidade da poda


A oliveira é uma planta muito difundida no território italiano; de fato, prefere solos muito secos a florescer, enquanto seu crescimento é desencorajado por climas muito úmidos. Ideal são solos arenosos e argilosos (somente se bem irrigados) ou solos calcários. A planta começa a dar seus primeiros frutos após os quatro anos de idade, enquanto atinge seu período mais produtivo em dez; portanto, nesse período, é aconselhável cuidar muito deles. A poda é um elemento fundamental para o crescimento saudável e correto da oliveira. A frequência com que é necessário intervir nessa operação depende de vários fatores. Geralmente é aconselhável podar a alternância dos anos, mas isso não exclui a possibilidade de intervenção anual. A frequência da poda depende da fertilidade do solo.

Períodos de poda



A intervenção de poda que é realizada com mais frequência é a de desbaste. De fato, esta operação facilita a circulação do ar através da copa da árvore e favorece a ação da luz solar, garantindo assim uma melhor saúde à planta. É aconselhável realizar as operações de poda durante o período de inverno (principalmente no período entre dezembro e janeiro), especialmente no período seguinte à colheita, que é mais próspero após essa manobra. Para permitir isso, devemos agir acima de tudo nos ramos não destinados à frutificação. Dado que a oliveira sofre climas particularmente frios e úmidos, após a poda é possível correr o risco de expor muito da árvore a baixas temperaturas, portanto, também é possível adiar o afinamento dos galhos durante a primavera.

Técnicas de poda



A poda é uma operação delicada e nunca deve ser improvisada ou considerada desnecessária. Para garantir um crescimento saudável e exuberante da oliveira, é necessário ter um bom conhecimento básico e não intervir em processos específicos, se você não tiver um bom conhecimento. Não fazer isso pode danificar a estrutura do eixo. Existem duas técnicas principais de poda: manual e mecanizada. Normalmente, nas indústrias de cultivo, o processo mecanizado prossegue, enquanto nas plantas de cultivo individuais é utilizada a técnica manual. As principais ferramentas para podar a árvore são: - a serra, para cortar os galhos com um diâmetro maior que o restante - o cisalhamento, para cortar os galhos mais finos - a poda (ou escada), para alcançar os galhos mais alto.

Podar oliveira: Procedimento



A primeira fase do processo de poda consiste em cortar todos os galhos secos, quebrados ou infectados por fungos ou parasitas (para evitar sua propagação). O corte do galho deve ser seco e sem deixar rebarbas, enquanto que se a planta apresentar feridas mais complexas, é necessário tratá-las com mástique cicatrizante (que pode ser comprado em lojas de jardinagem), o que acelera o tempo de cicatrização, removendo também qualquer infecção por fungos e doenças. vários tipos. Para realizar a poda corretamente, devemos agir principalmente nos galhos que crescem mais acima e dentro da folhagem, uma vez que os galhos externos são os envolvidos na floração. Uma vez terminada a intervenção nos galhos secos, desbaste o interior da folhagem. Ao fazer isso, a luz solar pode passar, garantindo que alcance todos os pontos da planta.