Frutas e Legumes

Framboesas


Como irrigar adequadamente a planta de framboesa


A planta de framboesa requer uma irrigação adequada para garantir uma boa produção de frutas, que são de fato ricas em água. Obviamente, a magnitude e a frequência da rega estão relacionadas ao clima sazonal e à abundância de chuvas. Desde o início do período da primavera até o final do verão, ou seja, quando a atividade vegetativa e a frutificação são retomadas, é necessário irrigar com alta frequência, evitando períodos prolongados e prejudiciais de seca. Na temporada de inverno, as chuvas são suficientes, especialmente para amostras cultivadas no solo, para atender às necessidades de água da planta de framboesa. No caso de vasos de plantas, as irrigações devem ser calibradas ainda mais adequadamente, evitando excessos e estagnação da água no pires.

Cultivo e cuidado de plantas de framboesa



As plantas de framboesa são arbustos com uma estrutura espessa que não requer um substrato específico para o crescimento; A framboesa pode ser cultivada com excelentes resultados, mesmo em vasos, é adequada para climas amenos e exposição parcial ao sol, com pouca luz, enquanto não tolera ventos fortes. Requer apoios para segurar, por isso é aconselhável colocá-lo perto de prateleiras, hastes ou trilhos. É preferível que a planta ocorra no final do período de outono, garantindo uma distância de pelo menos um metro entre as amostras para permitir que as raízes mais superficiais emitam novos brotos a partir dos quais novos galhos crescerão; pela mesma razão, eles não devem ser plantados em profundidade. Uma boa escavação do solo pode reduzir a aparência das ervas daninhas que, se ocorrerem, devem ser removidas periodicamente. A poda deve ser feita no final do inverno para remover galhos que já foram frutados e danificados.

Quais fertilizantes usar no cultivo de framboesas



O cultivo de framboesas deve ser complementado por uma boa fertilização orgânica e não orgânica, para aumentar a produção de frutas, especialmente em culturas intensivas. Antes de tudo, é necessário incorporar fertilizante orgânico, como adubo ou composto, no substrato que hospedará o arbusto. Esta operação deve ser repetida ciclicamente para apoiar o crescimento das plantas de framboesa, enterrando uma quantidade adequada de composto na base delas, com cuidado para não danificar as raízes mais superficiais. Eventualmente, no início da primavera, macroelementos com uma concentração específica de nitrogênio podem ser usados; esses fertilizantes são espalhados no solo ou misturados diretamente com a água de irrigação. A fertilização não orgânica deve ser evitada durante o período de frutificação, quando as ventosas começam a se formar no final do outono, para não comprometer seu crescimento.

Doenças da planta de framboesa e possíveis remédios



A planta de framboesa pode ser atacada por muitos tipos de parasitas e fungos, embora seja muito resistente. Os pulgões, por exemplo, são capazes de determinar até infestações muito grandes que levam a um rápido declínio do espécime, com o murchamento e a morte da vegetação; de fato, esses insetos são dotados de um aparelho bucal do tipo pungente que, afundado nas folhas ou nos galhos mais macios e mais jovens, permite a aspiração da seiva, vital para o bem-estar da planta. Os curculióides também podem causar sérios danos à planta de framboesa, especialmente para cultivo intensivo para fins comerciais, contaminando irreparavelmente os frutos com suas larvas. Para combater essas infecções, é necessário usar produtos antiparasitários específicos no mercado.


Vídeo: 07 FRAMBOESAS E AMORAS CULTIVO PROFISSIONAL, CONHEÇA ENTRE VILAS (Dezembro 2020).