Plantas gordas

Epiphyllum


Quanto e como molhar o epifilo


Epiphyllum é em todos os aspectos parte da mesma família que a pera espinhosa. Mas, ao contrário do que acontece com outras pessoas pertencentes ao mesmo grupo, o epifilo precisa absolutamente de uma excelente umidade. De fato, o substrato perfeito nunca deve estar seco. Essa peculiaridade pode pertencer apenas a 1/3 desse substrato. O resto deve estar necessariamente muito úmido. Para verificar os níveis de umidade, é possível fazer o chamado "teste dos dedos", inserindo um dedo no chão e verificando onde o solo está seco. Isso especialmente nas estações primavera e verão. No outono e inverno, é obrigatório reduzir o suprimento de água. O solo, no entanto, deve sempre estar úmido, mas nunca encharcado.

Crescer epifillum



O cultivo do epifilo em vasos não é completamente complicado. É necessário ter um solo particularmente solto, muito rico em substâncias orgânicas e materiais grosseiros, para drenar e evitar a temida estagnação da água. A cada 2,3 anos, é necessário repotir o epífito, possivelmente no final da floração, ou por volta de abril a julho. Esta planta não precisa de poda. Basta pensar na eliminação periódica de peças secas ou danificadas para evitar que elas carreguem doenças. A multiplicação do epifillum ocorre principalmente por estacas, a serem colhidas no verão inteiro e colocadas em local protegido por 10 dias. Em seguida, proceda ao plantio subterrâneo de 1/3 do corte em uma panela, em local sombreado, mantendo o solo úmido.

A importância da fertilização feita pelo homem



Epiphyllum não é absolutamente uma planta que precise de fertilizações especiais para crescer da melhor forma e com boa saúde. Simplesmente na primavera e no outono (duas vezes por ano), é suficiente usar um fertilizante para ser diluído com a água usada durante as operações de irrigação. Comparado com as doses indicadas nas embalagens, é importante reduzir bastante as porcentagens, reduzindo-as para cerca de 1/3. Nas estações de inverno, é absolutamente proibido fertilizar o epifillllum. Existem elementos que não devem faltar no fertilizante ideal. Estes são, em particular, nitrogênio, fósforo e potássio nas formulações 6: 6: 6, 8: 8: 8 ou 10:10:10. A fertilização, seguindo essas porcentagens escrupulosamente, deve ser feita em média uma vez por mês, evitando os momentos mais frios do ano ou nos quais ocorrem geadas.

Epiphyllum: A exposição ideal e possíveis doenças do epiphyllum



No cultivo do epifilo, é essencial respeitar a exposição correta. A planta cresce e se desenvolve bem entre 7 e 21 ° C. As temperaturas também podem ser mais altas, desde que os níveis de umidade excedam 80%. A exposição ideal é estritamente à sombra. Os raios do sol devem necessariamente ser bem filtrados, pois podem danificar irreparavelmente a planta. o epiphyllum eles são amantes do ar. Portanto, é essencial colocá-los em áreas bem ventiladas, mas absolutamente protegidas pelo vento. Em períodos muito frios, é aconselhável entrar no vaso dentro de casa. Epiphyllum são excelentemente resistentes a doenças. A "farinosa cocciniglia" é um dos principais inimigos a ser derrotado com pesticidas específicos. Queimaduras indicam que a planta está muito exposta.


Vídeo: Epiphyllum Cactus, Pruning And Cuttings (Dezembro 2020).