Rega e exibição da samambaia


A samambaia é uma planta de origem subtropical. É resistente a altas temperaturas, desde que exista um grau adequado e constante de umidade. A rega deve ser frequente, mas não abundante, para evitar asfixiar a planta ou marcar suas raízes. A samambaia adora luz, mas não tolera a exposição direta ao sol: se cultivada no exterior, é bem protegida sob árvores ou sebes, enquanto no interior prefere ambientes quentes e úmidos (como o banheiro). O importante é que a planta não esteja posicionada perto de aquecedores e condicionadores de ar; além disso, deve ser colocado em um local claro, com temperatura não inferior a 21 ° C. No caso de ar particularmente seco, é recomendável colocar um umidificador perto da samambaia: uma bandeja cheia de água também pode ser adequada.

Como crescer e podar sua samambaia



A samambaia se espalha com seus esporos, mas essa técnica nem sempre leva a resultados satisfatórios. Para iniciar o cultivo de uma planta de samambaia, é preferível retirá-la da "planta mãe", dividindo-a e prestando atenção para não quebrar as raízes particularmente frágeis. Fern adora umidade. Para fazê-lo florescer, se o ambiente externo tiver um clima seco, pode ser usada a técnica de "vaso duplo". O interior de um recipiente é coberto maior que o que abriga a samambaia com musgo úmido e, portanto, o vaso com a planta é colocado dentro dela; então, é suficiente umedecer constantemente a camada de musgo. A poda da samambaia deve ocorrer sempre que a planta tiver folhas secas ou danificadas.

Samambaia: solo e fertilização adequados



Após seis meses de descanso da planta, é bom ajudá-la a crescer com um fertilizante orgânico. Para esse tipo de planta, tanto os fertilizantes granulares de liberação lenta (a serem administrados a cada 4 meses) quanto os fertilizantes líquidos, a serem nebulizados, diluídos com água desmineralizada, em toda a samambaia são bons. A fertilização deve ser concentrada no período da primavera ao outono e suspensa durante o descanso vegetativo do inverno. O solo ideal para a planta é a floresta, que pode ser recriada com solo específico para "plantas acidófilas" e turfa. Para garantir uma boa drenagem e umidade constante do meio de cultivo, a área ao redor da planta pode ser coberta com plantio fagamentoso ou com uma mistura de agulhas de pinheiro, folhas de coníferas e casca.

Doenças e remédios da samambaia



Os "inimigos" das samambaias são clorose e cochonilha. O primeiro problema ocorre quando a planta absorve mal o ferro: o único remédio é diminuir a acidez do meio de cultura adicionando turfa a ele. Além disso, nesses casos, é bom adicionar à água de irrigação do "ferro quelado". Se a planta ainda demonstrar sofrimento, é altamente recomendável, assim que a primavera começar, alterar completamente seu substrato de crescimento. O cochonilha é um parasita que, nesse tipo de planta, deve ser removido manualmente, lavando as folhas com sabão específico e agitando-as suavemente. No caso de um ataque parasitário mais sério, pode-se usar um pesticida natural, preparado com água e flocos de "sabão de Marselha", para ser pulverizado nas partes da planta que estão infestadas.


Vídeo: EMBRIÃO, PASSO A PASSO DO FETO A BEBÊ (Dezembro 2020).