Jardim

As glicínias


Quanto e quando irrigar as glicínias


A glicínia é uma planta trepadora, que não precisa ser regada com muita frequência, pois é a primeira fase da vida a se molhar com mais frequência. Durante o período de verão ou, se houver períodos de seca, é melhor garantir que você também irrigue todos os dias. Os solos arenosos têm dificuldade em reter a umidade; nesse caso, torna-se essencial intervir com regas frequentes. A floração ocorre com o advento do verão e dura mais de um mês. Se a floração for ruim, verifique a quantidade de água administrada e a exposição correta. Evite o jato de água diretamente nos brotos, essencial para não danificá-los, pois para a maioria das plantas é necessário evitar a formação de estagnações de água que causam podridão das raízes.

Como cultivar e tratar as glicínias



Para cultivar glicínias, deve ser plantada na primavera. Você pega um par de hastes e certifique-se de tê-las juntas e no suporte. Quando atingem um metro de altura, eles se juntam, criando um tronco único e sólido. Uma vez atingida a altura certa, são fornecidos suportes para os galhos, que na fase inicial devem ser guiados. Ao mesmo tempo, os galhos devem ser podados para que possam ser fortalecidos. A poda ajuda a formar outras germinações que engrossam o cabelo. Posteriormente, os galhos se tornarão lenhosos e os suportes poderão ser removidos. Para aumentar a folhagem, será necessário auxiliar a germinação terminal, um pouco de cada vez, após o crescimento. Certifique-se de manter os galhos horizontais.

Como e quando fertilizar as glicínias



Terminada a temporada de verão, é necessário coletar a folhagem seca da planta e fertilizá-la com um fertilizante de origem mineral, possivelmente sem nitrogênio. Isso é para evitar um possível ataque de pragas ativas durante esse período. Além disso, as glicínias conseguem retirar o nitrogênio do solo autonomamente, fixando-o. Então, para adicioná-lo, isso prejudicaria a floração, preferindo o crescimento excessivo da folhagem. Uma das formas mais apreciadas para as glicínias, se cultivadas no vaso, é o tipo de guarda-chuva, que proporciona uma estética agradável. Para obter uma planta saudável, é necessário fertilizá-la pelo menos duas vezes por ano. Fertilizar é realmente importante e você deve fazê-lo regularmente, para obter um crescimento exuberante.

Glicínias: exposição, doenças e possíveis remédios



A planta das glicínias prefere o sol, mesmo que sobreviva em áreas sombreadas que, no entanto, atrasam o florescimento que será muito menor. É possível plantá-lo em todo o território italiano até mil metros de altitude. As glicínias são muito resistentes, mas podem ser afetadas por algumas doenças e parasitas. Freqüentemente há pulgões e aranhas vermelhas que danificam as glicínias. Para remediar esse problema, pesticidas específicos podem ser usados. Um problema frequente são os fungos que produzem manchas esbranquiçadas. No entanto, eles não causam danos particularmente importantes, exceto que não atingem o tronco; nessa situação, a madeira arruinada deve ser removida e é necessário espalhar um pouco de pasta fungicida. Isso geralmente resolve o problema.