Jardim

Grow Camellia


Como regar a camélia


A Camélia, a planta conhecida como Camelia, pertence aos Theaceae, que são vendidos na Itália em mais de 800.000 exemplares por ano. Uma bela planta que na China e no Japão, seus locais de origem, pode atingir 10 metros de altura. A camélia não é difícil de cultivar, no entanto, para se tornar luxuriante e dar suas flores típicas e elegantes, ela tem algumas necessidades específicas. Antes de tudo, como todas as plantas com flores, ela gosta de estar ao ar livre, por isso tolera espaços fechados por um curto período de tempo. No jardim, é preferível colocar a camélia para que nem sempre esteja ao sol, a camélia adora, mas a tolera por algumas horas e nunca nas mais quentes. O local deve ser úmido, para favorecer o desenvolvimento de brotos e brotos, mas o solo não deve congelar; portanto, as posições externas adequadas são cantos protegidos ou perto de paredes e habitações. É necessário regar a camélia também durante o inverno, verificando que entre uma rega e outra, o solo está seco, enquanto na primavera e no verão deve permanecer úmido, mas não encharcado. Finalmente, a camélia gosta de ter folhas limpas, então apenas as pulverize uma vez por semana.

Como crescer Camellia



A planta Camellia é um arbusto lenhoso muito ramificado, com folhas de couro verde e brilhante. As flores da camélia são solitárias e apresentam tonalidades e formas variadas, classificadas em flor única, semente dupla, dupla, dupla clássica, anêmona e begônia. Os tipos mais populares de camélia são: Camellia Japonica, Sasanqua e Reticulata. A Camellia Japonica inclui todos os tipos de formas de flores que florescem de fevereiro a maio, em cores do branco ao rosa e do vermelho ao roxo intenso. A Camellia Sasanqua floresce de novembro a final de março, suas flores são simples, brancas, rosa e vermelhas. Camellia Reticulata produz flores muito vistosas, com até 20 cm de largura, em todos os tons de vermelho e rosa. Para cuidar e fazer com que essas lindas plantas com flores desabrochem, você precisa conhecer sua natureza tímida e saber que, por um lado, elas adoram estar ao ar livre, por outro, não toleram temperaturas abaixo de zero. Eles preferem lugares úmidos, como é o clima da China e do Japão, seus países de origem. Além disso, as camélias preferem locais protegidos e não descaradamente ensolarados.

Quando fertilizar a Camélia



Todas as espécies de Camélia, a bela planta que floresce desde o início de março e, em algumas espécies até setembro, crescem luxuriosamente, preferem um tipo de solo ácido rico em substâncias orgânicas. Seja em vasos ou enterrada no jardim, a planta Camellia precisa de solo misturado com folhas ou casca decompostas, agulhas de pinheiro, turfa, etc. mas acima de tudo, além da areia, o elemento indispensável para favorecer a drenagem da água. As raízes da Camélia adoram o ambiente úmido, mas não toleram a estagnação da água. Para cultivar a Camelia e desfrutar de sua elegante floração, é necessário seguir um plano de fertilização que começa em março. O melhor fertilizante para camélia, é composto por uma rica mistura de nitrogênio e potássio, também fósforo, mas em dose mais baixa. O nitrogênio promove o desenvolvimento da camélia e confere às folhas uma cor intensa, além de influenciar a preparação da floração e fortalecer toda a planta. O potássio também fortalece a floração, mas acima de tudo acentua a cor das flores. Particularmente adequado é o sulfato de potássio que contém nitrogênio, portanto adequado para o crescimento destas plantas com flores.

Grow Camellia: doenças mais comuns da Camellia e remédios eficazes



Na vida da camélia, diferentes patologias podem aparecer, geralmente causadas por deficiências ou excessos nutricionais. Quando as folhas da planta são frágeis e amareladas, é provável que haja deficiências de nitrogênio ou que a camélia se esforce para fortalecer as novas raízes, portanto um sintoma de solo inadequado ou excessivamente calcário. O remédio é repovoar a planta em solo apropriado ou introduzir mais fertilizantes à base de nitrogênio. Se, por exemplo, a floração é lenta e as flores estão com dificuldades para florescer, o problema diz respeito a doses excessivas de nitrogênio. Se os brotos e as folhas pequenas caírem antes de atingir o crescimento total, há uma óbvia falta de fósforo, mas também pode ser a causa do excesso de água no solo ou da pouca exposição ao sol. O remédio é mover a camélia para abrir o ar e fertilizar com misturas à base de fósforo. A deficiência de potássio é a mais perigosa, manifestada por flores maçantes e pelo enfraquecimento da planta que se torna suscetível a fungos e Cocciniglia. O remédio é remover os parasitas com um algodão embebido em álcool e sabão ou com pesticidas específicos, vendidos pelos melhores viveiros.

Vídeo: Gardening 101 Series. How to Plant & Maintain a Camellia (Novembro 2020).