+
Jardinagem

Poda ornamental de oliveira


Poda de oliveiras.


A poda de azeitona ocorre no final do inverno. Geralmente é praticada anualmente, mas muitos produtores às vezes optam por uma escolha de poda de dois anos das amostras para verificar a quantidade de frutificação. É possível realizar três tipos diferentes de poda: rejuvenescimento da poda, poda de treinamento e poda de produção. A poda de rejuvenescimento de oliveiras consiste na eliminação de galhos velhos ou doentes para rejuvenescer os espécimes e melhorar seu ambiente. A poda de treinamento é realizada para garantir à planta uma abordagem correta, visando a produção de frutas. A poda de produção garante à planta uma boa produtividade através do equilíbrio perfeito entre a vegetação da planta e sua frutificação.

O período de poda de azeitona.



O período de poda da oliveira ocorre no final do inverno ou no início da primavera, precisamente entre fevereiro e março, antes do início da primeira fase de frutificação do espécime. Após o período correto de poda das oliveiras, é essencial para obter frutificação adequada e de alta qualidade. No momento da poda, verifique se não há perigo de geada, pois o frio não permite que feridas devido a cortes de poda se recuperem adequadamente. Uma observação completa da planta é obrigatória antes de iniciar a poda, pois permite entender por qual tipo de poda é melhor intervir. Se feito corretamente, haverá um excelente desenvolvimento de novas receitas e brotos que aumentarão a força do espécime que tem em si a característica de ser uma das árvores mais resistentes da natureza.

Poda de azeitona ornamental cultivada com bonsai.



Além das espécies de plantas perenes, a azeitona também é cultivada para fins ornamentais. A oliveira ornamental, por ser uma planta muito resistente e rústica, pode ser definida como bonsai e, neste caso, a manutenção da forma da oliveira é realizada através de uma poda direcionada que permite o controle do crescimento. A poda para fins ornamentais em oliveiras jovens deve ser feita cortando um ou três pares de folhas de cada broto com 10 a 15 centímetros de comprimento. Nos espécimes mais maduros e desenvolvidos, por outro lado, os galhos podem ser encurtados até comprimentos mais curtos, de cerca de 5 centímetros. Os galhos que crescem mais vigorosamente e os mais velhos podem ser eliminados ao longo do ano, levando em consideração que durante o período vegetativo da planta as feridas cicatrizam mais rapidamente.

Poda ornamental de oliveira: Cursos de poda de azeitona.



A poda da azeitona para ser realizada corretamente requer, sem dúvida, uma boa dose de praticidade e experiência. Na web, você pode encontrar facilmente cursos em vídeo que permitem aprender facilmente as técnicas de corte mais adequadas para podar esse tipo de planta. A presença de imagens facilita muito a tarefa, pois o usuário pode perceber mais rapidamente como intervir na poda da oliveira. Também é fácil encontrar blogs ou sites especializados em jardinagem que lidam extensivamente com a poda de oliveiras. Em vez disso, para aqueles que preferem aprender sobre esse tópico de maneira tradicional, eles podem recorrer ao uso de livros e revistas sobre a poda desse tipo de amostra, facilmente disponível no mercado.