Frutas e Legumes

Cuidado com o vinho


Começa a colheita


A colheita da uva é uma das etapas mais importantes para obter um produto de qualidade. Tratar as frutas com extremo cuidado evita quebrá-las com a conseqüente pré-fermentação.
O uso de cassetes para a coleção, é recomendado para vinhos de valor particular. A fermentação deve ser iniciada após o pressionamento suave. Deste modo, evita-se que substâncias amargas típicas das partes lenhosas passem para o próprio vinho.
O cuidado com o vinho é contínuo. Está vivo e sempre evoluindo. Sua vida precisa de verificações contínuas para protegê-lo de bactérias e doenças que possam comprometer o processo. Máquinas enológicas permitem evitar problemas relacionados a temperaturas inadequadas, bolores, doenças e outros inimigos do vinho. O enólogo é o especialista que trabalha na adega e cuida do vinho.

Enólogo e seu cuidado com o vinho



O enólogo é o especialista que lida com a saúde do vinho. Toda empresa já estabeleceu metas a partir da vinha. O sistema de melhoramento, a produção por hectare, a vinha e o tempo da colheita são as variáveis ​​envolvidas.
Tempo de amadurecimento da uva não é padrão. Depende do microclima e da variedade da uva. O tempo ideal é determinado com base na quantidade de açúcares contidos nas bagas. No último período antes da colheita, o produtor costuma ir à vinha para fazer as avaliações apropriadas.
O espectrômetro é um instrumento que determina a quantidade de açúcar após esmagar a baga. Quando o enólogo acredita que as uvas estão prontas, ele inicia a colheita. O cuidado do vinho é o trabalho dele. Ele faz nascer, crescer e amadurecer. Da fermentação ao refino é uma evolução do caráter.

Cuidado com vinho branco



O cuidado com o vinho branco deve ser mais intenso que o tinto. A cor é um dos personagens fundamentais. A clareza é um dos recursos para prestar mais atenção. Para entender como é difícil obter um produto claro e brilhante sem escurecer, pense nas frutas quando descascadas.
A carne de uma bela cor branca ou amarela que está em contato com o ar fica escura. Este é o processo oxidativo clássico. O vinho branco precisa de precauções especiais durante as várias etapas. A prensagem suave e o início da fermentação requerem temperaturas adequadas para preservá-lo da oxidação.
Centrifugações e esclarecimentos são operações típicas no processamento de vinho branco. A filtragem é necessária para impedir que partículas em suspensão apareçam no momento da degustação.

Cuidado com o vinho: Vinho tinto



O vinho tinto é menos delicado que o branco, mas não é menos valioso para isso. O valor é alcançado após o cuidado adequado do vinho. As bagas bem colhidas e intactas serão menos suscetíveis a mofo e bactérias. A prensagem é seguida de maceração nas peles. A duração desta operação varia de acordo com a pigmentação liberada pelas uvas. Algumas videiras dão uvas com pouca cor.
Por outro lado, outros têm uma cor escura característica. A desvantagem em que é possível incorrer é que, prolongando a maceração, formam-se maus odores e bolores. O teor alcoólico é muito importante. Os vinhos com pouco volume estarão sujeitos a doenças como florzinhas, ventosas e reviradas. A floretta é típica de vinhos com baixo teor alcoólico.
Leveduras aeróbicas se desenvolvem atacando o vinho. Um véu é criado na superfície. O exigente é devido à falta de acidez no vinho. O tiro devasta o vinho, criando dicas de putrescência e sugestão.

Vídeo: É preciso muito cuidado ao se ler a palavra VINHO NA BÍBLIA!!!! (Agosto 2020).