+
Frutas e Legumes

Maturação da uva


Vitis vinifera e seu ciclo reprodutivo


Vitis vinifera é um arbusto de escalada generalizado na bacia do Mediterrâneo. A deliciosa fruta obtida é a uva. O cacho é composto de uma estrutura lenhosa chamada raspo, à qual as bagas ricas e suculentas estão ligadas. O ciclo reprodutivo da planta começa no final do inverno, com os primeiros brotos aparecendo. Eles irão desenvolver para formar galhos com folhas e frutas. A floração dependerá do clima, da vinha e do sistema de cultivo. Antes de atingir a maturidade, medidas decisivas devem ser tomadas. Polinização e fertilização precedem o estabelecimento. Este último consiste na queda das flores para dar espaço às bagas. A princípio eles serão pequenos e verdes. À medida que amadurecem, tornam-se douradas, vermelhas ou pretas, dependendo da variedade de uva a que pertencem.

Desvantagens no caminho para a maturação



O cenário é um passo delicado na fase inicial para o amadurecimento das uvas. Geralmente começa no final de maio, mas pode durar até junho, dependendo das vinhas e das áreas em que a videira é cultivada. Nesta fase, muitas vezes há desvantagens. Apirenia é a falha em formar sementes. Em algumas variedades, esse é um fenômeno tipicamente fisiológico. O mesmo não se pode dizer das uvas provenientes de vinhas nas quais está prevista a formação de sementes de uva. Neste caso, o problema é particularmente grave, pois compromete a produção de vinho. A moagem, em vez disso, consiste na formação irregular das bagas. De fato, eles permanecem pequenos e sem sementes. Eles podem permanecer verdes ou maduros, formando açúcares. Estas desvantagens impedem um bom amadurecimento das uvas.

Próximo passo: veraison



Veraison é um passo decisivo na maturação das uvas. O verde intenso que caracterizou a uva passa para tons dourados ou vermelho-violeta. Neste período, a desfolhamento da videira é realizada para facilitar a passagem da luz solar. A mudança de tom ocorre devido a um processo biológico preciso que envolve a transformação das substâncias contidas na baga. A cor verde é dada pela clorofila contida. Desaparece para deixar espaço para pigmentos, em particular antocianinas e carotenóides. A glicose diminui em favor da frutose. As substâncias ácidas são cada vez menos importantes à medida que a uva amadurece completamente. A consistência dura torna-se polpuda e suculenta. O tempo desta fase varia de acordo com as temperaturas e a localização das vinhas.

Amadurecimento da uva: conclusão de um ciclo



O amadurecimento da uva representa a fase final de um ciclo. Os enólogos levantam a videira na esperança de obter bons frutos. O enólogo é o profissional que decreta a época da colheita. O refratômetro é a ferramenta que permite calcular o teor de açúcar da baga. Este exame é frequentemente realizado no último período. Eventos meteorológicos adversos podem comprometer a colheita. Assim, quando o nível de açúcar estiver ótimo, a colheita poderá começar. Este processo é decisivo para a qualidade do vinho. Uvas verdes darão vinho com alta acidez e suscetível a doenças. Em contraste, uvas maduras fornecem vinhos com notas de frutas e flores secas. A baixa acidez torna pouco propenso ao envelhecimento. Estabelecer o tempo de colheita é a busca de um equilíbrio entre os vários componentes, em vista de um resultado final brilhante.