Jardim

Cobertura de lavanda


Cobertura de lavanda


A lavanda é uma planta mediterrânea que pertence à família Lamiaceae e cresce em um clima árido. É bem conhecido por suas características que o tornam adequado para a produção de jardinagem e cosméticos. É ideal para fazer sebes, graças ao fato de ser uma planta perene, com um caule de até um metro de altura que sempre permanece ereto. Existem inúmeras variedades que possibilitam o uso desta planta mesmo em áreas com clima severo, sem afetar sua estética. Essas peculiaridades tornam o cobertura de lavanda uma borda ideal visualmente, graças à sua estrutura específica e em um nível prático de resistência. Para fazer uma cobertura de lavanda, por exemplo, ao longo de uma cerca, você precisará enterrar 5 a 10 plantas por lado, para dar volume e cor.

Como cultivar lavanda



Esta planta pode ser cultivada através de sementes ou plantio de corte. Se você deseja cultivar esse tipo de arbusto e está disponível para a semeadura, o período adequado é o das estações mais mitigadas, depois o outono em áreas onde o clima não é muito rígido e a primavera, onde as temperaturas geralmente são muito baixas. As estacas, por outro lado, são feitas com galhos não frutíferos com pelo menos um ano de idade. Eles têm um comprimento de 10 a 15 cm e devem ser destacados da planta com uma faca afiada e liberados das folhas inferiores. Nesse ponto, você pode plantar os galhos cavando pequenos orifícios. Este tipo de arbusto se tornará uma planta volumosa e, para isso, você terá que deixar algum espaço entre uma planta e outra. Lembre-se também de evitar irrigação abundante para não apodrecer a planta.

As características de lavanda



A lavanda é conhecida por ser uma planta com um aroma intenso e uma cor brilhante. É cultivada, mas também cresce espontaneamente, principalmente nas regiões do Tirreno, devido ao clima particularmente favorável. Uma das características desta planta é sua grande variedade, cerca de 40 espécies que, mantendo a peculiaridade do sempre-verde e preservando suas propriedades botânicas, podem se adaptar a diferentes ambientes. A característica essencial que torna essa planta conhecida em todo o mundo é sua fragrância, tanto que suas flores têm sido usadas desde a Idade Média em práticas de higiene pessoal, devido ao aroma que libera. Uma planta usada desde os tempos antigos e que, na forma de uma cerca viva no jardim, cria aquela paisagem agradável com um traço rústico e natural.

Poda e adubação de lavanda



Quem quer fazer coberturas com esse tipo de planta que pode tornar seu jardim bonito e florescente, deve saber como fortalecer a planta para torná-la saudável e exuberante. A poda é muito importante para permitir que a planta não "sufoque" e para aumentar seu volume de maneira saudável. Para podar esta planta, você terá que usar lâminas afiadas e desinfetadas, possivelmente através de uma chama antes do uso, para evitar infectar os tecidos. O período de poda é no final da floração e deve ser feito todos os anos. Em princípio, esse tipo de planta não precisa de fertilização, mas se a planta estiver debilitada e você quiser usar esse meio, o período indicado é a primavera. O melhor mês é abril e fertilizantes orgânicos devem ser usados.


Vídeo: Bolo lilás com cobertura e recheio de lavanda. Raíza Costa. Rainha da Cocada (Setembro 2021).