+
Jardim

Vinca minor


Vinca características menores


A flor menor de Vinca, nativa da Europa e dos Trópicos, é comumente conhecida como Pervinca. Seu nome deriva do latim vincire, isto é, do laço, porque os caules se entrelaçam na terra. A planta herbácea, característica da vegetação rasteira, faz parte da família botânica das Apocynaceae. Sua altura é de 10 a 30 cm, a largura chega a um metro, tem um hábito rastejante e forma gramados populares. As folhas são ovais e lanceoladas, de cor verde intensa e brilhante. As flores, com 2 cm de largura, têm uma tonalidade particular de violeta azul chamada azul pervinca, com uma corola de 5 lóbulos com um ápice que apresenta uma espécie de corte oblíquo. Existem também variedades com flores brancas, azuladas, roxas e vermelhas. A planta floresce a partir da primavera e continua durante todo o verão.

Cultivo: temperatura ideal



As técnicas de cultivo desta espécie são simples. A planta precisa de muito brilho e ar, tanto no verão quanto no inverno. No verão, a temperatura ideal varia entre 21 e 29 graus, enquanto no inverno é preferível mantê-lo entre 16 e 18 ° C. Abaixo de 15 graus, a planta começa a ter problemas. No verão, é aconselhável manter a planta do lado de fora em pleno sol. Juntamente com um nível adequado de umidade, isso garantirá uma floração generosa. A vinca é geralmente tratada como uma planta anual, ou seja, para ser eliminada no outono; no entanto, se no inverno for mantida em ambiente fechado, exposta à luz suficiente, poderá sobreviver muito bem. A pervinca é plantada nos meses entre setembro e março, em solo bem drenado e em local ensolarado ou parcialmente sombreado.

Solo, água e fertilização



O substrato Vinca deve ser fértil, bem drenado e ter uma reação levemente ácida. Consistirá no molde da folha, na floresta e na turfa. No fundo do recipiente, de preferência em terracota, é aconselhável colocar pequenos pedaços de barro para evitar a estagnação da água. A repotting ocorre uma vez por ano entre janeiro e março em vasos de diâmetro cada vez maior. A planta deve ser regada bastante nas estações de primavera e meados do outono. no outono e inverno, você precisa regar apenas o suficiente para manter o solo úmido. No período vegetativo, da primavera ao outono, a planta deve ser fertilizada a cada 15 dias. No restante do ano, no entanto, a fertilização deve ser interrompida. O fertilizante deve ser rico em nitrogênio, potássio e fósforo. Pervinca também precisa de microelementos como ferro, zinco e cobre.

Poda e doenças



No final da floração, a planta requer poda adequada, consistindo em manter as hastes a 10 cm de altura do solo. Para plantas cultivadas em cesto suspenso, no entanto, recomendamos a cobertura, ou seja, o corte das pontas vegetativas. De qualquer forma, é essencial que as ferramentas utilizadas estejam perfeitamente limpas e também esterilizadas, para evitar qualquer infecção na planta. Se a parte inferior das folhas tiver manchas, é possível que isso dependa da cochonilha. É necessário passar um pouco de algodão embebido em álcool ou lavar as folhas cuidadosamente com água e sabão. No caso de instalações externas, produtos químicos específicos devem ser utilizados. Folhas amarelas amassadas denotam o ataque do ácaro conhecido como ácaro vermelho. Pode ser útil umedecer as folhas e limpá-las bem ou, nos piores casos, recorrer a inseticidas adequados.


Vídeo: Gardening Tips : How to Grow Vinca Minor (Janeiro 2021).