Plantas de apartamentos

Planta estrela de Natal


Planta estrela de Natal


A estrela de Natal também é conhecida pelo nome científico de euphorbia e é cultivada exclusivamente para uso ornamental. É uma espécie nativa da América Central, onde cresce espontaneamente e espécimes maiores podem exceder até quatro metros de altura. Atualmente, os principais produtores desta planta de aparência única são os Estados Unidos e a Holanda. Nos últimos anos, seu cultivo na Itália vem diminuindo devido ao alto custo de manutenção de estufas aquecidas. Euphorbia floresce no meio do inverno e, para obter inúmeras flores, é necessário manter a planta no escuro por muitas horas durante o dia. Ele vive bem em um ambiente que tem uma temperatura constante entre 14 ° C e 22 ° C e geadas repentinas levam à morte certa.

Dicas úteis



A estrela de Natal mais apreciada é a que dá flores com uma cor vermelha. Para manter a floração longa, é necessário seguir algumas dicas básicas: Primeiro remova as brácteas assim que desbotarem e corte as hastes cerca de dez centímetros acima do solo. Seque a ferida com cinzas, para que o látex contido não continue a sair por muito tempo. Durante esta fase, a euphorbia precisa de um solo predominantemente seco e deve ser colocada em uma área iluminada, mas não quente, para permitir seu crescimento ideal. Em maio, a euforbia terá que ser envasada em um novo recipiente um pouco maior que o anterior, caso contrário, você receberá apenas uma grande quantidade de caules, mas poucas brácteas e folhas.

Solo, repotting e multiplicação



Euphorbia prefere solos macios e ricos em nutrientes. A turfa ácida favorece o desenvolvimento das flores, bem como uma boa quantidade de substância orgânica administrada no final de março. O repotting deve ser realizado no mesmo período e o vaso novo deve ser maior que o anterior, com cerca de dez centímetros de diâmetro. Após o repotting, transfira a planta para um local bem ventilado, mas longe de correntes de ar frio.A multiplicação é realizada exclusivamente por corte. Na primavera, as estacas com mais de vinte centímetros de comprimento são retiradas da planta principal. Para incentivar a produção de novas raízes, mergulhe a ponta cortada em um pó de enraizamento especial e plante-as na turfa.

Planta Poinsettia: Pragas e doenças



A estrela do Natal está sujeita a adoecer com muita facilidade em nossas latitudes. O clima inadequado e a alta porcentagem de umidade o tornam propenso a doenças fúngicas.Se você notar que as folhas ficam amarelas e caem, isso significa que a planta não recebe uma boa troca de ar. Basta movê-lo para um local mais ventilado para que suas condições melhorem rapidamente.Os insetos mais nocivos para a planta são sem dúvida as moscas brancas e a aranha vermelha. Nos dois casos, apresentará manchas marrons na parte inferior das folhas. Compre um produto fitofarmacêutico específico de um consórcio agrícola e entregue-o no mato, seguindo os procedimentos e doses indicados na embalagem.

Vídeo: " ESTRELA DE NATAL " PLANTA EXTREMAMENTE TÓXICA !! (Novembro 2020).